Entregadores de aplicativos de delivery preparam greve para esta quarta 1°

0
greve entregadores de aplicativos
Os entregadores pretendem parar nesta quarta (1°), a partir das 9h / Foto: divulgação

Motoboys e ciclistas entregadores de aplicativos prometem fazer uma paralisação nesta quarta-feira (1°). A categoria denuncia condições precárias de trabalho, principalmente durante a pandemia de covid-19.

publicidade

Entre as reivindicações estão o aumento do repasse aos entregadores, uma faixa mínima de entrega por quilômetro rodado, além de ajuda de custo para comprar equipamentos de proteção individual (EPIs) contra a covid-19, como luva, máscara e álcool em gel.

Os entregadores alegam que houve um aumento no número de pedidos de empresas como iFood, Rappi e UberEats durante a pandemia, mas a alta demanda não gerou aumento nos ganhos. Eles também reivindicam uma legislação específica para a categoria, com direito à defesa em casos de bloqueio do entregador ou desligamentos indevidos das plataformas.

publicidade

Os entregadores devem parar nesta quarta-feira a partir das 9h, com objetivo de travar as entregas dos pedidos. Além de se reunir em diversos pontos de São Paulo, a categoria deve se concentrar às 14h na Avenida Paulista. A paralisação também deve ocorrer em demais estados, como Rio de Janeiro, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

publicidade

Comentários