Federação de Hotéis, Restaurantes e Bares solicita flexibilização da Fase Vermelha do Plano SP

0
Pixabay

Nessa segunda-feira (5), a FHORESP (Federação Empresarial de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo) enviou ofício ao governo do estado no qual reivindica que, após o encerramento da Fase Emergencial, dia 11, restaurantes e bares (que servem alimentação) possam abrir para atendimento local na Fase Vermelha, durante o período do almoço, seguindo as regras do Plano São Paulo.

publicidade

A federação reúne 24 filiados, entre eles o SinHoRes Osasco – Alphaville e Região (Sindicato Empresarial de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares),  representado pelo presidente Edson Pinto, que também é  vice-presidente de Relações Institucionais e Governamentais da FHORESP.

Para Edson Pinto, é vital para a sobrevivência dos estabelecimentos e dos empregos gerados, que a Fase Vermelha seja flexibilizada. “Fomos desproporcionalmente afetados pela crise: 30% do nosso setor já desapareceu e caminhamos para 50%, se nada for feito. Além disso, somos o maior gerador de emprego no estado e o índice de desemprego em São Paulo já gira em torno de 14,1%” afirmou.

publicidade

Comentários

publicidade