Furlan visita PS Central e determina abertura de 30 novos leitos

Furlan visita PS Central e determina abertura de 30 novos leitos

0
Compartilhar
O prefeito Rubens Furlan fala sobre ações para ampliar o atendimento no PS Central em vídeo durante visita à unidade nesta quarta-feira (21) / Reprodução/Facebook

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), visitou na tarde desta quarta-feira (21), o Pronto Socorro Central e determinou medidas para a abertura de novos leitos para suprir ao aumento da demanda no local nos últimos meses.

Publicidade

“Após verificar as instalações, determinei que áreas administrativas sejam remanejadas para garantir mais espaço para os pacientes. Com essa medida, pretendemos abrir 30 novos leitos de internação semi-intensiva, dando mais conforto para os usuários e melhores condições para a equipe médica. As mudanças começam imediatamente e estarão prontas em 30 dias”, postou Furlan em sua página no Facebook.

Em vídeo, Furlan declarou que a administração municipal também já aumentou o número de médicos que atendem no PS Central. “Há pouco tempo nós trabalhávamos aqui com quatro, cinco médicos. Agora estamos com nove, hoje, atendendo agora. É que a demanda é muito grande. Enquanto eu não resolver as coisas aqui, não vou sossegar. Então, vamos trabalhar”.

Quatro novos consultórios 

No último dia 12, Furlan entregou quatro novos consultórios médicos do Pronto-Socorro Central de Barueri. Com os espaços recém-criados, o equipamento passa a contar com dez consultórios de atendimento clínico ao todo e uma expectativa de até 50% na diminuição do tempo de espera.

Publicidade

Com a criação das salas houve também ampliação da equipe médica, para que o atendimento seja constante em todos os 10 recintos de atendimento clínico.

Desde que a Secretaria de Saúde reassumiu a gestão do PS Central, há cerca de um mês, especialistas de várias áreas têm sido contratados.

De acordo com o médico pediatra Ruy dos Santos Ruiz Marques, um dos diretores da unidade, a perspectiva é que as mudanças reflitam em breve na melhoria do fluxo no local. “Hoje trabalhamos com uma média de 19 clínicos gerais por dia e todo aumento de médico leva a um consequente aumento de toda estrutura de apoio, como enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, equipe de medicação, portanto, aumenta tudo globalmente”, esclarece. O médico acredita que no máximo em 60 dias os resultados saltarão aos olhos da cidade.

Outro benefício que chega ao PS são os computadores. Os dez consultórios terão computadores novos instalados e aptos para que os atendimentos sejam informatizados e entrem diretamente no sistema adotado pela Saúde em todas as suas unidades. Além disso, equipamentos de última geração, como raio X e tomógrafo digital, devem chegar em poucos meses para tornar os atendimentos e os diagnósticos mais eficazes.

Publicidade

Rede de saúde 
O PS Central atende uma média de duas mil pessoas por dia e o prefeito pede a ajuda dos usuários: “é muito importante que a população também saiba disso e ajude a gente a fiscalizar”, afirmou Furlan, incentivando os munícipes a utilizarem os canais de comunicação da Prefeitura, como o APP Alô Barueri.

Os investimentos feitos na Saúde desde o início de 2017 também fizeram crescer a demanda, acredita o chefe do Poder Executivo. “É impressionante, em janeiro do ano passado o número de consultas era pequeno, a gente vai melhorando e com isso vai aumentando o número de usuários e nós não podemos fechar as portas, ficar numa redoma, isso não é humano, não é cristão”, declarou Furlan.

“Nós temos que fazer tudo que é possível para atender todas as pessoas que adentrarem esta porta. Não quero fechar as portas para ninguém porque eu não quero porta fechada para mim e nem para o nosso povo”, pregou.

Compartilhar


Comentários