Investigado na Caça Fantasmas, vereador de Carapicuíba Paulo Xavier está preso há sete meses

Parlamentar foi preso em fase anterior da operação Caça Fantasmas, que decretou prisão preventiva de 14 vereadores de Osasco nesta terça

0
Investigado na Caça Fantasmas, vereador de Carapicuíba Paulo Xavier está preso há nove meses

Preso há sete meses, o vereador de Carapicuíba Paulo Xavier (PSDB) também é investigado na Operação Caça Fantasmas do Ministério Público de São Paulo. Nesta terça, 6, em sua 4ª fase em Osasco, 14 vereadores tiveram os mandados de prisão preventiva decretados.

publicidade

O parlamentar também é alvo de investigação na Operação Pasta Vazia, que apura contratações irregulares a apadrinhados políticos em Carapicuíba. Paulo Xavier e mais cinco pessoas que seriam funcionários fantasmas contratados pelo gabinete do parlamentar, incluindo sua esposa e sogra, foram presos preventivamente dia 12 de maio pela Polícia Civil, com base em ação do Ministério Público.

O vereador é acusado de nepotismo e a contratação de funcionários fantasmas. A investigação começou há dois anos através da denúncia feita por um ex-assessor do parlamentar.

publicidade

Comentários

publicidade