Marcos Neves diz que fica no PV, que planeja “candidaturas fortes” em 2018

0
O prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves

A coordenação do Partido Verde Bacia 6 promoveu reunião na noite de segunda-feira, 26, na sala de eventos da Associação Comercial, em Carapicuíba. Dentre os participantes, o prefeito da cidade, Marcos Neves; Carlos Marx, presidente do PV Osasco, porta-voz regional e dirigente estadual da sigla; vereadores e presidentes municipais.

publicidade

Na oportunidade, foram abordados temas como voto distrital, lista de pré-candidatos ao pleito de 2018 e ações municipais dos verdes.

Carlos Marx fez um balanço sobre o desempenho do partido nas últimas campanhas eleitorais, alertando para a importância de um trabalho permanente voltado para o crescimento do PV nos municípios e na região. Comentou sobre encontro estadual da legenda a ser realizado em 5 de agosto, no interior do Estado, e sobre a recente pesquisa do Datafolha.

publicidade

“A pesquisa do Datafolha divulgada domingo passado, 25, mostra que a popularidade do Partido Verde vem num crescente. O PV é um dos seis partidos preferidos pelos brasileiros e ocupa o quarto lugar dentre os mais citados pela população, alcançando 1% da preferência dos entrevistados na pesquisa”, disse Marx.

O prefeito Marcos Neves desmentiu boatos de que pode deixar o partido e falou da necessidade de reorganizar a legenda para o fortalecimento do PV no próximo pleito eleitoral.

publicidade

“Não tenho interesse nenhum em deixar o PV. Defendo que nosso partido lance candidaturas fortes. Hoje temos seis deputados estaduais e devemos trabalhar para que nossa bancada volte a ter pelo menos os nove deputados que elegemos em 2010. Nosso desejo é ter candidatos fortes em nossa região”.

Neves salientou que o partido deve refletir bastante sobre o lançamento de candidatos próprios ao governo do Estado e à Presidência.

O PV Bacia 6 engloba 13 cidades. São elas: Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Taboão da Serra.

Comentários