Osasco realiza plantão para regularização de taxímetros

0
Órgão estadual realiza plantão de taxímetro em Osasco
Verificações são voltadas especificamente àqueles que precisam validar o instrumento após mudança de veículo, troca ou reparo / Foto: Divulgação

Verificação é obrigatória a todas as categorias de táxis e é feita anualmente / Foto: Divulgação
Verificação é obrigatória a todas as categorias de táxis e é feita anualmente / Foto: Divulgação

publicidade

A partir do dia 7 de outubro o IPEM-SP realiza plantão em Osasco para a regularização dos taxímetros. A verificação é voltada especificamente àqueles que precisam validar o instrumento após mudança de veículo, troca ou reparo. A ação tem como ponto de partida a avenida Praia Grande, na altura do número 378.

Táxis irregulares podem levar multas de até R$ 5 mil

Esse tipo de verificação é obrigatório a todas as categorias de táxi e é feita anualmente. Os plantões são somente para os taxistas que precisam validar seus taxímetros ou que precisam de reparos. Quem for autuado por trafegar com taxímetro irregular têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. As multas podem variar de R$ 500 a R$ 5 mil, dobrando em caso de reincidência.

publicidade

O atendimento deve ser agendado no site do IPEM-SP para que seja emitida a Guia de Recolhimento da União (GRU) para o pagamento da taxa de verificação. Sem o agendamento online e taxa paga, o atendimento não é realizado.
Além da GRU quitada, no dia da verificação o motorista deve apresentar também o alvará de estacionamento fornecido pela prefeitura, o certificado de propriedade do veículo, o certificado de verificação do IPEM-SP, referente ao exercício de 2013, o comprovante de endereço e a guia de serviço fornecida por oficina credenciada pelo IPEM-SP. Informações: 2024-0483 ou na sede da Delegacia de Ação Regional do IPEM-SP Leste, localizada à Rua Secundino Domingues, 415/443 – Vila Alpina.

Consumidor
O consumidor que tiver dúvidas quanto à regularização dos táxis pode observar se o taxímetro possui um lacre amarelo, que impede o acesso à regulagem do aparelho, e do selo do Inmetro com a frase “verificado até 2015”. Caso esteja rompido, o consumidor pode recusar a corrida. Quem notar irregularidades pode denunciar na Ouvidoria do IPEM-SP no telefone 0800 013 0522 (Capital) e 3581-2019 (outras cidades).

publicidade

Comentários