Passagem de trem vai subir para R$ 3,20 dia 2

0
Além da CPTM, tarifa vai subir no Metrô e nos ônibus municipais de São Paulo / Foto: Eduardo Metroviche

Além da CPTM, tarifa vai subir no Metrô e nos ônibus municipais de São Paulo / Foto: Eduardo Metroviche
Além da CPTM, tarifa vai subir no Metrô e nos ônibus municipais de São Paulo / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Leandro Conceição

A partir do próximo dia 2 de junho, domingo, o preço da tarifa nos trens da CPTM subirá para R$ 3,20. A alta de 6,7% com relação aos atuais R$ 3,00 acompanha o reajuste da passagem nos ônibus municipais de São Paulo e no Metrô, que ocorrerá no mesmo dia.

Governo federal zerou impostos por reajuste menor

publicidade

Havia a expectativa de as tarifas subirem para até R$ 3,40, mas o aumento foi menor devido ao governo federal interceder e retirar as taxas de PIS e Cofins do transporte público em todo o país. O objetivo é reduzir o impacto do valor da passagem na inflação.

O reajuste na CPTM e no Metrô ficou abaixo da inflação registrada desde a última alta da tarifa, em fevereiro de 2012, que foi de 7,8%, de acordo com o IPCA.
Já a Capital, além de contar com a redução de impostos, terá de aumentar para R$ 1,25 bilhão os subsídios para que o reajuste da tarifa de ônibus municipais fique abaixo da inflação desde a alta anterior, em janeiro de 2011, que é de 15,5% até abril deste ano, segundo o IPCA.

publicidade

Desoneração de impostos não afetará tarifa em Osasco

O governo federal anunciou nesta quinta-feira, 23, que vai adotar medidas para desonerar do PIS e da Cofins as passagens de ônibus, com objetivo de conter a inflação.

De acordo com o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Osasco, João Gois, a desoneração de impostos para o transporte público não vai gerar redução da tarifa de ônibus municipais em Osasco, que, assim como em outras cidades da região, é de R$ 3,30.

No entanto, disse que o assunto será “colocado na mesa” em futuras negociações com as empresas de ônibus. O aumento da tarifa de ônibus municipais em Osasco costuma ocorrer no fim do ano.

“Não é só uma questão de impostos e não temos condições de dar subsídios, como a Capital”. A Prefeitura de São Paulo deve pagar cerca de R$ 1,25 bilhão em subsídios este ano.

Para João Gois, a desoneração de impostos pode facilitar as negociações para a implantação do Bilhete Integração, entre ônibus municipais e a CPTM.

Metroviários anunciam greve para terça, 28

O Sindicato dos Metroviários decretou estado de greve para a próxima terça-feira, 28. Uma assembleia na segunda, 27, vai definir se haverá ou não paralisação.

Em campanha salarial, os metroviários reivindicam 14,16% de aumento real, 7,30% de reposição salarial e alta de 24,3% no vale-refeição, entre outros itens, e as propostas do Metrô ficaram bem abaixo das reivindicações.

Comentários