Início Cidades Polícia investiga morte de grávida a tiros em Osasco

Polícia investiga morte de grávida a tiros em Osasco

0
grávida morta a tiros osasco
Pamela Simões morreu no local do crime / Fotos: Reprodução

A Delegacia de Homicídios de Osasco investiga o assassinato de Pamela Simões Mourão Gonçalves, de 32 anos, no Jardim Veloso. Ela estava grávida e foi atingida com ao menos nove tiros, na madrugada da última sexta-feira (15).

publicidade

Os vizinhos escutaram os disparos e saíram na Rua Bernardino de Campos para ver o que havia acontecido. Assustados, eles se depararam com Pamela caída em uma viela, mas não conseguiram ver o atirador, que fugiu logo após o crime. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

grávida morta a tiros osasco
Crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (15) / Foto: PM

O namorado da vítima, que tem 53 anos, é apontado pela polícia como o principal suspeito do crime. Na delegacia, ele disse que tinha se encontrado com Pamela para jantar, mas que ela teria ido embora após uma discussão. Ele contou ainda que só depois soube da morte da companheira.

publicidade

Uma câmera de segurança, no entanto, registrou o momento em que o suspeito aparece andando ao lado da vítima sentido à viela onde Pamela foi morta, contrariando a versão contada por ele. Segundos depois, o suspeito volta correndo.

grávida morta a tiros Osasco (1)
imagens mostram o casal indo até o beco, depois, o homem volta sozinho e correndo / Fotos: Reprodução

Na casa dele, os policiais encontraram uma arma calibre 38, que foi apreendida e vai passar por perícia. Sem confessar o crime, ele acabou sendo preso por porte ilegal de arma na sexta-feira (15). O celular dele também foi apreendido.

publicidade

O caso foi registrado inicialmente no 5° DP de Osasco como homicídio. Em seguida, foi encaminhado à Delegacia de Homicídios de Osasco e, após ser reavaliado, foi registrado como feminicídio, devido aos laços afetivos que a vítima tinha com o suspeito. As investigações continuam.

Comentários