Prefeitura proíbe idosos nas ruas e restringe público em velórios para combater coronavírus

0
idosos nas ruas
Foto: reprodução

Por ser grupo de maior risco na pandemia do novo coronavírus (covid-19), os idosos estarão proibidos de circular pelas de ruas e poderão ser levados para a casa pela Guarda Civil Municipal ou a Polícia Militar em Santana de Parnaíba.

publicidade

A Prefeitura decretou Estado de Calamidade Pública e anunciou nesta sexta-feira (20), novas medidas de combate à doença. Outras delas são a restrição do público nos velórios a apenas dez pessoas durante a crise e a proibição do funcionamento do comércio não essencial no município a partir de segunda-feira (23).

Confira abaixo as novas determinações em Santana de Parnaíba e assista a vídeo com orientações do prefeito Elvis Cezar:

publicidade
NOVAS MEDIDAS E AÇÕES EM COMBATE AO CORONAVÍRUS EM SANTANA DE PARNAÍBA – 20/03/2020

Para conter o avanço do coronavírus, nossa cidade tem tomado uma série de medidas para retardar a disseminação do vírus. Medidas anunciadas nesta sexta-feira (20):

– Declarado Estado de Calamidade Pública.

publicidade

– Suspensão de missas, cultos e qualquer ato religioso que possa gerar aglomeração, a partir de hoje, 20/03.

– Fechamento de todos os estabelecimentos comerciais da cidade a partir de segunda-feira, 23/03, EXCETO: hipermercados, supermercados, mercados, mercearias, hortifrutis, quitandas, peixarias, avícolas, açougues, varejões,padarias, lojas de alimentos para animais, postos de combustíveis, lojas de conveniência, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral, estabelecimento de saúde humana e animal, correios, casas lotéricas, agências bancárias, transporte público, serviços funerários e oficinas mecânicas.

– Para o funcionamentos dos estabelecimentos acima mencionados, estes precisarão intensificar as ações de limpeza, disponibilizar álcool gel para clientes e funcionários, divulgar informações acerca do coronavírus e as suas medidas de prevenção, não fornecer qualquer tipo de serviço para consumo no local.

– Lanchonetes, restaurantes, bares e qualquer outro estabelecimento de preparo e venda de alimentos deverão ficar fechados, podendo atender apenas em sistema de delivery.

– Proibição de circulação em vias públicas de idosos com mais de 60 (sessenta) anos, propiciando o devido isolamento ao grupo de maior risco.

– Todo o atendimento nos espaços públicos de forma presencial será suspenso a partir de segunda-feira, 23/03, sendo desenvolvidos exclusivamente por meio telefônico ou eletrônico.

– Os atendimentos no Hospital Santa Ana e UPA ficam restritos a casos de extrema necessidade.

– Os velórios deverão ter no máximo 10 (dez) pessoas presentes para cada cerimônia, evitando assim a aglomeração de pessoas.

– Os contratos da prefeitura que estão prestando um bom serviço e estão prestes a vencer, serão prorrogados a partir de 20/03, por mais 120 dias.

– Fica determinado que o pagamento de vale-transporte dos servidores será em pecúnia, para que as pessoas possam trabalhar com os seus respectivos veículos.

– Paralisação do Call Center da saúde.

– A partir do dia 25, os telefones da Vigilância Epidemiológica passarão a ser atendidos por médicos que darão orientações caso a caso.

– Suspensão do atendimento da especialidade de acupuntura.

– Farmácia do Álvaro Ribeiro aberta sábados e domingos, das 08h às 17h.

– Devido ao número expressivo de casos, os profissionais da saúde com sintomas compatíveis serão testados.

– Início da experiência da plataforma de consultas online a partir de segunda-feira, 23.

– Até o momento são 63 casos suspeitos e 6 casos confirmados.

Para informações e dúvidas, entre em contato na Vigilância Epidemiológica: (11) 97523-8295/ 94398-5251/ 97513-9238

Comentários