Renata Abreu considera mudar voto na reforma da previdência

0
A deputada federal Renata Abreu

A Deputada Federal Fernanda Abreu (PODE) afirmou estar indecisa se votará a favor ou contra a reforma da previdência no dia 19 de fevereiro. Ela falou com exclusividade para o Visão Oeste durante o lançamento da programação  de aniversário de Osasco.

publicidade

Para Renata, que também é líder do partido, a principal bandeira a ser levantada é a democracia direta com a população, sendo assim, o PODEMOS lançou aplicativo onde as pessoas comuns poderão escolher se são a favor ou contra a reforma e os deputados vão votar de acordo com a decisão do povo.

Segundo ela, o resultado pode ser regionalizado, onde o Deputado Federal do partido deverá votar de acordo com a maior intenção de votos que a população do estado escolheu, exemplo a população de São Paulo é contra, sendo assim o Deputado de São Paulo é contra; ou por totalidade, ou seja, se na somatória 70% da população for contra a reforma, 70% da bancada também será por exemplo.

publicidade

A deputada disse que fará mais um painel de debates online para discutir sua decisão. Entretanto ela informou ser a favor da reforma, porém com algumas ressalvas. “eu sempre fui muito favorável à reforma da previdência, no entanto, acho que existem pontos cruciais que precisam ser revistos, como a questão da idade mínima de aposentadoria do trabalhador rural”, explica.

Um dos pontos levantados pela deputada é que esses “pontos ruins” da reforma da previdência não podem ser retirados, pois o voto é no texto principal e, caso ele seja aprovado, depois serão votados os destaques. “É um risco votar numa reforma com pontos que eu pessoalmente discordo. Estou muito indecisa no meu voto, mas vou decidir pelo aplicativo”.

publicidade

Comentários