Renata Abreu rebate Edir Macedo: “estudar não causa infelicidade”

0
edir macedo renata abreu

A deputada federal Renata Abreu (PODE-SP) rebateu o polêmico discurso do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, no qual defendeu a proibição das filhas de cursarem universidade e que a mulher tenha menos estudo que o homem.

publicidade

Para Edir Macedo, “não existe família, não existe casamento, não existe felicidade a mulher cabeça e o homem corpo. É fracasso”. Renata Abreu rebateu: “ESTUDAR NÃO CAUSA INFELICIDADE”, destacou, em letras maiúsculas, ao comentar o assunto nas redes sociais.

“Ao longo da história muito precisou ser feito (e ainda precisa ser feito) para que saíssemos de uma sociedade inteiramente patriarcal, na qual reservavam às mulheres apenas o direito de ser boa filha, esposa e mãe. Um casamento é fortalecido dia a dia no amor, no respeito e no crescimento mútuo do casal, e nisso está incluso também o direito de evoluir educacional e profissionalmente”, completou a deputada.

publicidade

No polêmico discurso, Edir Macedo declarou: “Por que vocês não vão fazer faculdade? Porque se você se formar numa determinada profissão, você vai servir a si mesmo, você vai trabalhar para si, mas eu não quero isso, vocês vieram para servir a Deus, quero que vocês sirvam a Deus. Entendeu o que estou falando? Não estou contra vocês estudarem e se formarem não, mas no caso delas eu não as criei para servirem a si mesmas, eu as criei para servir ao Senhor”.

Em seguida, o bispo, que é dono da Record TV, chamou uma de suas filhas e disse: “Se a Cristiane, na minha visão, se ela fosse doutora e tivesse um grau de conhecimento elevado e encontrasse um rapaz que tivesse um conhecimento baixo, ele não seria o cabeça e ela seria a cabeça”.

publicidade

Comentários