Rogério Lins sanciona Bilhete Único em Osasco; confira como vai funcionar

4
bilhete único osasco
Foto: Ivan Cruz

O prefeito Rogério Lins sancionou lei que institui o Bilhete Único no sistema de transporte coletivo municipal de Osasco. A novidade deve começar a funcionar no domingo (8). Será permitida a integração entre dois ônibus municipais em até uma hora e meia.

O projeto inicial apresentado pelo prefeito à Câmara Municipal previa o período de uma hora de integração, mas o tempo foi ampliado por emenda aprovada pelos vereadores.

O Bilhete Eletrônico Municipal (BEM) poderá ser usado como Bilhete Único. Não será permitida a utilização da segunda viagem na mesma linha ou ônibus em que foi realizada a primeira.

Publicidade

Aos domingos e feriados, o tempo permitido para a integração tarifária será de duas horas.

As empresas de ônibus deverão viabilizar a recarga do Bilhete Único de Osasco pela internet, por intermédio de site próprio e/ou link específico em suas páginas oficiais. No entanto, a lei sancionada não estabelece um prazo para que isto ocorra.

A lei também estabelece que bancas de jornais, farmácias, drogarias, bares, restaurantes e supermercados possam ser credenciados como postos de recarga eletrônica do Bilhete Único de Osasco.

O benefício será limitado a duas integrações por dia. Não haverá integração com a CPTM, que depende de possível acordo futuro com o governo do estado.

Subsídio

Haverá subsídio pago pela Prefeitura para bancar o Bilhete Único. A previsão inicial era de um custo de cerca de R$ 10 milhões por ano aos cofres do município. No entanto, com o aumento do tempo para integração ampliado em meia hora pelos vereadores, esse montante pode aumentar.

De acordo com a lei do Bilhete Único, “o valor do ressarcimento corresponderá ao produto da multiplicação da quantidade de passageiros transportados que utilizaram o benefício da integração tarifária gratuita pelo valor da tarifa de remuneração vigente à época da utilização do benefício”.

O Bilhete Único de Osasco:

– Será permitida a integração entre dois ônibus municipais, de linhas diferentes, em até uma hora e meia

– Bilhete Eletrônico Municipal (BEM) poderá ser usado como Bilhete Único

– Aos domingos e feriados, o tempo permitido para a integração tarifária será de duas horas

– Empresas de ônibus deverão viabilizar a recarga do Bilhete Único de Osasco pela internet (a lei sancionada não estabelece um prazo para que isto ocorra)

– Bancas de jornais, farmácias, drogarias, bares, restaurantes e supermercados poderão ser credenciados como postos de recarga eletrônica do Bilhete Único de Osasco (a lei sancionada não estabelece um prazo para que isto ocorra)

– Benefício será limitado a duas integrações por dia

– Não haverá integração com a CPTM, que depende de possível acordo futuro com o governo do estado

– Haverá subsídio pago pela Prefeitura para bancar o Bilhete Único. A previsão inicial era de um custo de cerca de R$ 10 milhões por ano aos cofres do município. No entanto, com o aumento do tempo para integração ampliado em meia hora pelos vereadores, esse montante pode aumentar

Comentários

4 COMENTÁRIOS

  1. Cadê a integração? Continuo pagando duas passagens na integração sendo que deveria ser gratuita desde o dia 08.
    Uma vergonha mesmo. Ônibus velhos, empoeirados, cadeiras com encosto do braço quebrados, tudo muito sujo.
    Onde estão os ônibus com ar-condicionado?
    Quem dá parabéns pra esse prefeito não faz ideia do quanto está perdendo.

  2. O projeto deveria ser melhor e a prefeitura não deveria ressarcir as empresas, a passagem já está paga é uma integração, as empresas deveriam acatar ou achar outros interessados, vale lembrar que empresas de ônibus tem isenção de ioga, e lucram muito dinheiro e esse dinheiro dos contribuintes está sendo mal empregado.

  3. Na minha opinião, a idéia do bilhete único é muito bom, estava ate demorando para implantar.
    A minha crítica mesmo, são as empresas do transporte coletivo de Osasco, acho que isso sim eles tem que melhorar.
    Digo pela linha que eu pego o 031, mas tem outras linhas ruins também, como o SPTV, ja mostrou em uma reportagem que o transporte de Osasco é horrível.
    Cade as frotas com Ar condicionado?

  4. O trabalhador não pode parar de reclamar, a qualidade e eficiente tá muito longe do ideal em comparação ao valor pago.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOsasco recebe espetáculo gratuito sobre mercado de trabalho para jovens
Próximo artigoAutor de novelas da Globo posta foto inusitada em Cotia