“Seria importante que os comerciantes pudessem aproveitar as vendas do Dia dos Namorados”, diz prefeito que pede flexibilização da quarentena na região

0
dia dos namorados quarentena
Foto: Freepik

Prefeitos das cidades que fazem parte do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) se reuniram na manhã desta quarta-feira (3) para discutir a possível reabertura do comércio considerado não essencial em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19). E ficaram frustrados com o anúncio do governador João Doria, no início da tarde, de que a quarentena não deve ser flexibilizada pelo menos até o dia 15.

Após os prejuízos do Dia das Mães, a expectativa era que a liberação estadual para afrouxar as medidas de isolamento ajudasse o comércio dos municípios em outra data comemorativa, o Dia dos Namorados. “Seria importante que os comerciantes pudessem aproveitar as vendas do Dia dos Namorados e tentar recuperar um pouco das perdas que tiveram. Claro que com todas as recomendações das autoridades sanitárias”, afirmou o prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos.

Também fazem parte do Cioeste as cidades de Osasco, Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Cotia, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Araçariguama.

Publicidade

Os prefeitos dos municípios do Cioeste planejam insistir com o governo do estado para tentar fazer com que as cidades sejam incluídas na segunda fase do plano de retomada da atividade econômica definido pelo governo do estado.

prefeitos quarentena
Prefeitos se reuniram na manhã desta quarta para discutir possível reabertura gradual do comércio / Foto: reprodução

“Vamos reforçar novamente a reivindicação que já fizemos ao Governo de SP, para que nossa região seja reclassificada na fase laranja (atenção com eventuais liberações) e possamos iniciar a flexibilização adotando as medidas preventivas de segurança”, declarou Josué Ramos.

O prefeito de Cotia, Rogério Franco, declarou: “Revisamos o número de leitos e alinhamos medidas em conjunto para que o Estado coloque a nossa região na fase laranja. Estamos confiantes de que teremos novidades nos próximos dias”.

Atualmente, as cidades da região estão na fase “vermelha”, que permite apenas o funcionamento do comércio e serviços considerados essenciais. Havia a expectativa de que o governo paulista anunciasse nesta quarta a inclusão dos municípios na fase “laranja”, na qual poderm abrir, com uma série de restrições: comércio, shopping, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias.

Comentários