Uber faz viagens gratuitas para quem vai doar sangue em SP durante pandemia de covid-19

0
Uber

O aplicativo de transporte Uber deu início a uma parceria com o governo do estado de São Paulo para ajudar bancos de sangue durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). A empresa não vai cobrar viagens de doadores que tenham como destino os locais de coleta de sangue na capital e região metropolitana de São Paulo.

publicidade

Um código promocional específico disponível no aplicativo dará viagens gratuitas de ida e volta aos doadores, de até R$30 para cada trecho. O código precisa ser adicionado no aplicativo da Uber antes das viagens.

Foram destacados para a ação quatro bancos da Fundação Pró-Sangue e dois da Sociedade Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), localizados na capital e região metropolitana. Devido à pandemia, os hemocentros adotaram protocolos para reduzir aglomerações, então é necessário agendar previamente a doação.

publicidade

Para doar, a pessoa deve estar em boas condições de saúde. Além disso, como medida preventiva e também para maior conforto do doador, é importante fazer agendamento prévio, pelo site www.prosangue.sp.gov.br/doacao/agende.html.

O secretário de estado da Saúde, José Henrique Germann, afirma que a iniciativa ajuda na manutenção dos estoques, além de oferecer segurança aos doadores. “Pedimos às pessoas para que doem sangue sempre que puderem, especialmente neste momento. A doação é segura e fundamental para ajudar a salvar vidas. Os postos de coleta seguem todas as normas sanitárias e não oferecem riscos”.

publicidade

A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia.

Meta é aumentar estoques de sangue

Todo doador ajuda a salvar vidas, em especial aqueles com os tipos sanguíneos O negativo, A negativo e B negativo, cujos estoques costumam cair em períodos com menor comparecimento aos postos de coleta, como férias escolares e feriados prolongados.

Hoje, esses três tipos estão em alerta nos postos da Fundação Pró-Sangue, no Hemocentro de São Paulo, ou seja, os estoques são suficientes para menos de uma semana.

Comentários