Vazamento de dados de Bolsonaro será investigado pela Polícia Federal

0
bolsonaro vazamento anonymous
Fotos: reprodução

A Polícia Federal vai investigar o vazamento de informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus familiares e outras autoridades pelo grupo de hackers do Anonymous Brasil, informou, nesta terça-feira (2), o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça.

publicidade

Uma das contas do Twitter que supostamente pertence ao grupo foi suspensa por causa da ação. Em publicação no Twitter, o ministro Mendonça explicou que as investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas.

Além de Bolsonaro, foram vazados dados de pessoas ligadas ao presidente e apoiadores do governo: vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), ministros Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e Abraham Weintraub (Educação), e sua esposa, Daniela Weintraub; empresário Luciano Hang e deputado estadual paulista Douglas Garcia.

publicidade

Entre os dados vazados pelo Anonymous Brasil estão os números dos celulares, CPFs (Cadastros de Pessoa Física) endereços, bens declarados, participação em empresas e até dívidas. Todos foram compilados em um documento no Pastebin.

publicidade

Comentários