Vendas do varejo da região de Osasco caem 21,3% em maio

0
Comércio de Osasco tem pior resultado no estado em julho

Crise// Região teve o pior desempenho no estado, diz Associação Comercial

publicidade
Vendas do varejo da região de Osasco caem 21,3% em maio
Faturamento nominal teve queda de 12,3%

O volume de vendas do comércio varejista da região de Osasco caiu 21,3% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado. O faturamento nominal (sem descontar a inflação) recuou 12,3%. Os dados são do ACVarejo, levantamento mensal da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), e referem-se ao varejo ampliado, que inclui automóveis e material de construção.

No período acumulado (janeiro-maio), o varejo da região teve retrações de 13,5% nas vendas e de 5,6% no faturamento, frente a igual período de 2015. Já em 12 meses, as quedas foram de 11,6% nas vendas e de 3,5% no faturamento.

publicidade

Foi o pior desempenho em relação às demais regiões paulistas. “Os resultados dos primeiros cinco meses do ano continuam a mostrar fortes quedas, refletindo a renda em queda, o avanço do desemprego e o crédito mais caro e escasso. Tudo isso deixa a confiança do consumidor em patamares muito reduzidos, minando a disposição a comprar”, avalia o presidente da ACSP, Alencar Burti.

“Mas nossa expectativa é que as retrações no varejo podem começar a arrefecer, na medida em que melhore a confiança do consumidor”, diz Burti, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

publicidade

Municípios
Os dados do levantamento referentes à região compreendem os seguintes municípios: Osasco, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Jandira, Itapevi, Pirapora do Bom Jesus, Santana do Parnaíba, Itapecerica da Serra, Embu, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista, Caieiras, Cajamar, Embu-Guaçu, Francisco Morato, Franco da Rocha, Juquitiba e São Lourenço da Serra.

Comentários