Visão Atenta

0

Ouvidoria
A Câmara Municipal de Osasco realizou sessão extraordinária na terça-feira, 25, e um dos projetos aprovados cria a Ouvidoria Legislativa, que será um canal de comunicação entre a população e os vereadores. Para o presidente da Câmara, Antônio Toniolo (PcdoB), “criar uma Ouvidoria é democratizar o nosso legislativo e estabelecer uma nova forma de relacionamento entre o cidadão e os seus representantes. É permitir que as pessoas conheçam melhor o trabalho do vereador e que este, por sua vez, saiba exatamente quais são os anseios da população”. Ainda não foi divulgado quando a Ouvidoria começa a funcionar.

publicidade

Subprefeituras
A sessão da terça-feira também aprovou outros projetos importantes. Um deles autoriza a Prefeitura a contratar empréstimo de R$ 63 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a instalação de duas subprefeituras na cidade, um dos principais pontos do plano de governo do prefeito Jorge Lapas (PT). Também foi aprovado o projeto que institui as feiras livres noturnas em Osasco (leia na página 7).

Finanças
O secretário de Finanças de Osasco, Marcelo Scalão, agradeceu aos vereadores pela aprovação do empréstimo do BNDES. “Essa Casa autorizou a operação de crédito para esse investimento que sem sombra de dúvida é um passo importante para desenvolvimento do município”, disse. Scalão esteve na Câmara nesta quinta-feira, 27, em audiência pública da Comissão de Economia e Finanças.

publicidade

Falha nossa
Na edição da semana passada o Visão Oeste publicou erroneamente que o vereador de Osasco Rogério Lins é pré-candidato a deputado estadual pelo PHS. Na verdade, Lins filiou-se ao PTN, onde é pré-candidato a deputado federal. Entre os vereadores, faltou citar Mário Luiz Guide (PSB), pré-candidato a deputado federal.

publicidade

Comentários