Após compra pela Intermédica, conveniados do Cruzeiro do Sul esperam melhorias

Após compra pela Intermédica, conveniados do Cruzeiro do Sul esperam melhorias

13
Compartilhar

Na última terça-feira, 5, a operadora NotreDame Intermédica anunciou a compra do Cruzeiro do Sul, de Osasco o que gerou entusiasmo por parte dos beneficiários do grupo osasquense. A expectativa de melhoria no atendimento foi tema de centenas de comentários nas redes sociais.

Publicidade

“A esperança é a última que morre! Esperamos que agora seja melhor, pois realmente exames, consultas e, especialmente, emergência/internação tem sido um caos”, escreveu um internauta em matéria publicada pelo Visão Oeste sobre o assunto.

“Para conseguir uma consulta, dependendo do especialista, é dois ou três meses. Alguém tem que olhar esse lado, tomara que melhore. Vamos acreditar”, disse outro.

Beneficiários do Cruzeiro do Sul acreditam que a aquisição possa trazer resultados positivos, principalmente na qualidade dos serviços oferecidos, que já era questionada por ter decaído nos últimos anos.

A falta de profissionais especialistas em plantões, emergências e internações, demora para no agendamento de consultas e cirurgias estão entre as reclamações mais frequentes feitas por usuários.

Publicidade

“Não conseguimos consulta com menos de três meses de espera e olhe lá. Quando pensamos que a consulta está agendada, chegamos lá e não estamos na lista de atendimentos. Com essa demora, demorei para descobrir um câncer de mama… E o atendimento de mastologia do convênio é uma vergonha”, comentou uma internauta.

“A Intermédica nunca nos deixou sem atendimento. Já no Cruzeiro só passei nervoso, atendimento demorado e má vontade desde a recepção a medicação”, postou outro.

O Cruzeiro do Sul possui um hospital privado, seis centros clínicos, laboratório de análises, pronto-socorro e faz atendimento para cerca de 54 mil vidas através do plano de saúde próprio que serão integrados à Intermédica.

Segundo a NotreDame Intermédica, que já possui em sua rede na cidade o Hospital Renascença, a aquisição visa atender à demanda do município.

Compartilhar

Comentários