Após reintegração, apartamentos são devolvidos aos donos

0
O conjunto habitacional é formado por três blocos de condomínios, que somam 880 apartamentos / Foto: Divulgação.

Carapicuíba// Com desocupação de apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida, 47 famílias podem, enfim, viver em seus imóveis

publicidade

William Galvão

Na terça-feira, 13, a PM cumpriu uma reintegração de posse em um condomínio do Minha Casa Minha Vida na Vila Helena, em Carapicuíba. Com isso, 47 famílias proprietárias dos imóveis enfim poderão entrar nos apartamentos, que começaram a ser entregues em outubro de 2014.

publicidade

A reintegração foi autorizada pela juíza Adriana Dreisleben de Zanetti, da 2ª Vara Federal de Osasco, a partir da ação movida pela Caixa Econômica Federal, banco que financia o projeto.
O motorista de 45 anos José Antônio Bispo Novais é um dos proprietários que tiveram seu apartamento invadido. O imóvel dele havia sido entregue há sete meses e, desde então, estava ocupado.

“Eu e a minha esposa não mudamos direto na época porque havia ainda uma documentação pendente. Depois da invasão, vim conversar com as pessoas, sempre vinha, e acabei conseguindo fazer eles saírem do meu apartamento antes da polícia”.

publicidade

As famílias contempladas pelo programa Minha Casa Minha Vida eram todos vindos da favela da Savoy (Setor C), do Porto de Areia, do Cadastro da Demanda Habitacional e de algumas áreas de risco. A operação da PM teve início as 4h e foi feita de maneira pacífica.

O conjunto habitacional é formado por três blocos de condomínios, que juntos somam 880 apartamentos.

Comentários