Casos de roubo crescem 115% em Osasco

0
Acusados da chacina de Osasco vão a júri popular

Dados divulgados pela Secretaria do Estado de Segurança Pública de São Paulo (SSP) apontam aumento de115% no número de roubos no município de Osasco, na comparação do segundo trimestre de 2014 e 2013. No período, o município registrou 2428 casos, ante 1126 em 2013.

publicidade

Os números dos últimos três meses são alarmantes. Abril registrou 800 roubos e maio atingiu a marca de 870, número147% maior que no mesmo mês em 2013.Também teve acréscimo o número de furtos, com alta de 1538 para 1745 (+13%), e roubos de carros, de 420 para 565 (+34%). Em contrapartida, a cidade teve queda de 60% nos casos de estupro. Em 2013 foram 53 registros e, neste ano, 21 casos.

Chacina
Policial civil em local de chacina registrada em Carapicuíba no último dia 27

Carapicuíba registrou pequena queda nos casos de roubo no segundo trimestre. Neste ano foram 757 casos, ante 727 no mesmo período em 2013, uma queda de 4%. Em Barueri, o número baixou de 400 para 264, queda de 34%. Já o número de estupros em Carapicuíba teve queda de 47 casos ano passado para 11 registros esse ano, baixa de 76%.

publicidade

O número de roubos de veículos cresceu 37% em Carapicuíba. Foram 130 casos no ano passado e 178 no primeiro trimestre de 2014. Em Barueri, a alta foi de 113%, com 43 casos denunciados no ano passado e 92 esse ano. Nos casos de homicídio doloso, Carapicuíba registrou 18 casos, ante 17 no ano passado. Ainda não haviam sido computadas as vítimas de duas chacinas (leia abaixo). Em Barueri, houve acréscimo de 4 para 5 casos esse ano. Ambas as cidades não registraram nenhum caso de latrocínio (roubo seguido de morte) nos meses comparados.

Chacinas em Carapicuíba deixam 12 mortos

publicidade

Duas chacinas ocorridas em menos de 15 dias em Carapicuíba registraram 12 mortes. A primeira delas ocorreu na final da Copa do Mundo, no dia 13 de junho, e matou cinco pessoas, deixando outras três feridas. A segunda chacina aconteceu na madrugada do último domingo, 27, com saldo de sete mortes e um ferido em pelo menos quatro ataques. Até o fechamento dessa edição, dois policiais militares haviam sido presos sob a suspeita de participação nas chacinas.

Comentários