Clima esquenta na Câmara de Osasco e Lindoso diz que ficará “no...

Clima esquenta na Câmara de Osasco e Lindoso diz que ficará “no lugar do prefeito”

5
Compartilhar
Lindoso e Pelé

O clima esquentou na sessão Ordinária de Osasco da última terça-feira (10), com troca de farpas e acusações entre vereadores da base aliada e da oposição em torno de questões relacionadas à área da Saúde. A plateia estava lotada, composta em sua maioria por servidores públicos da Prefeitura, vibrando e vaiando os vereadores.

Enquanto o vereador oposicionista Dr. Lindoso (PSDB) utilizava a tribuna para criticar a saúde de Osasco e elogiar o mesmo setor em Barueri, o vereador Pelé da Candida (PSC) pediu aparte e o afrontou questionando sobre como estaria a situação de Jandira, onde Lindoso foi secretário de Saúde no ano de 2013. Pelé, inclusive, já havia confrontado Tinha, dizendo que estaria utilizando a moção e o discurso de críticas voltadas à saúde como “trampolim político”.

“Porque que o povo de Osasco procura a saúde de Barueri? Se aqui é boa porque as pessoas saem daqui para serem atendidas no Pronto Socorro (PS) do Imperial?”, questionou Lindoso.

Pelé da Cândida rebateu: “O senhor entende bastante de saúde, né? Então porque a saúde de Jandira continua do mesmo jeito? Se a vossa excelência foi secretário e deixou uma péssima saúde na cidade. E fala bem de Barueri onde o senhor nunca foi secretário…”.

Na volta da Tribuna, Lindoso se encaminhava para sua cadeira quando um munícipe da plateia lhe deferiu: “volta para Jandira!”. Lindoso rebateu: “Não. Ficarei aqui. Ficarei aqui no lugar do seu prefeito”, disse, antes de se sentar em seu lugar.

Lindoso é cotado para ser o candidato do PSDB a prefeito nas eleições municipais de 2020. Ele tem costurado alianças nos bastidores tucanos, mas sua candidatura não é unanimidade no partido.

Reestruturação de secretarias

A sessão desta terça estava repleta de funcionários da Prefeitura de Osasco, em razão da segunda votação dos Projetos de Leis Complementares (PLC) que dispõem sobre a reestruturação administrativa de secretarias municipais, que incluem mudanças e cortes para enxugar a máquina pública. Estão incluídas no pacote as Secretarias de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão – SDTI; Indústria, Comércio e Abastecimento – SICA; Meio Ambiente; Finanças; Cultura e Defesa Civil. As propostas foram aprovadas e seguem para sanção do prefeito Rogério Lins.

Compartilhar

Comentários