Com 14,3%, desemprego se mantém estável na Grande São Paulo

0

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de São Paulo teve relativa estabilidade, ao passar de 14,2% em setembro para 14,3% em outubro, de acordo com pesquisa feita pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As entidades afirmaram que esse é um movimento atípico para o período, em que a taxa usualmente diminui.
Em outubro, o contingente de desempregados foi estimado em 1,59 milhão de pessoas, 17 mil a mais do que no mês anterior. Apesar da variação positiva do nível de ocupação, com a geração de 24 mil postos de trabalho, essas novas vagas foram insuficientes para absorver a ampliação da População Economicamente Ativa (PEA), que foi 41 mil pessoas.
Entre setembro e outubro de 2015, a taxa de desemprego total aumentou no município de São Paulo (de 13,6% para 14,1%), diminuiu no conjunto dos demais municípios da região metropolitana (de 14,9% para 14,5%) e também teve queda considerando somente a região do ABC (de 13,1% para 12,5%).

publicidade

Comentários

publicidade