Cresce pressão de metalúrgicos contra a reforma da Previdência

0
Trabalhadores de Alphaville, Barueri, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus fizeram manifestação / Foto: Auris Souza
Trabalhadores de Alphaville, Barueri, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus fizeram manifestação / Foto: Auris Souza

Depois das fábricas de Cotia, Vargem Grande Paulista, Carapicuíba, Jandira e Itapevi, a pressão dos metalúrgicos de Osasco e região contra a reforma da Previdência chegou nesta quinta, 9, a Alphaville, Barueri, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. Os trabalhadores se manifestaram em frente a empresas como Adelco, Zoppas, Wap Metal, Rossini e JL Capacitores.

publicidade

 

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHoróscopo
Próximo artigoNa Novela