Em Osasco, deu Bolsonaro e Márcio França

0
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Em Osasco, cidade que era considerada reduto petista, o mais votado no segundo turno da disputa à presidência foi o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Com 99,94% das urnas apuradas, Bolsonaro tinha 63,14% dos votos válidos no município e Fernando Haddad (PT), 38,36%.

publicidade

Na votação geral, Bolsonaro ficou com 55,29%, contra 44,71% de Haddad (com 98,89% das urnas apuradas).

Já o resultado em Osasco para o governo do estado destoou da votação geral. Apoiado por figuras de peso, como prefeito Rogério Lins (Podemos), a deputada federal Renata Abreu (Podemos-SP), o ex-prefeito Francisco Rossi (PR), Márcio França (PSB) teve 51,80% dos votos em Osasco, enquanto João Doria (PSDB) ficou com 48,20%. Doria foi eleito, com 51,77% dos votos.

publicidade

Comentários

publicidade