Força Bruta: competição de fortões acontece domingo (7) em Cotia com transmissão da Globo

Atual campeão, o russo de 40 anos, Mikhail Shivlyakov, 1,87 m e 145 kg, chega em Cotia como favorito no Força Bruta 2021

0
força bruta cotia 2021
Rauno Heinla no Arnold Sports Festival / Foto: Divulgação

Neste domingo (7), será realizada no Parque Teresa Maia, em Cotia, a oitava edição da competição internacional Força Bruta, evento de atletismo de força (strongman). A disputa será transmitida ao vido pela TV Globo, a partir das 10h, dentro do Esporte Espetacular. Não haverá presença de público devido a pandemia de covid-19.

publicidade

Da Europa, desembarcaram em São Paulo para o Força Bruta o russo Mikhail Shivlyakov, atual vencedor da prova, e o estoniano Rauno Heinla. Já o boliviano Cristian Quiroga e o paulista Tiago Aparecido já estavam no país, após disputa do sul-americano em janeiro.

O boliviano Cristian Quiroga, de 29 anos, 1,88 m e 161 kg, e o brasileiro Tiago Aparecido, com 36 anos, 1,79 m e 135 kg, estão entre os maiores destaques do strongman sul-americano nas últimas temporadas. Quatro vezes campeão sul-americano, o paulista Tiago Aparecido, de Biritiba-Mirim, além do fato de estar competindo em casa, tem a seu favor uma participação no Força Bruta, em 2018.

publicidade

“Volto a competir o Força Bruta depois de três anos. Naquela primeira ocasião, tivemos um desafio entre Brasil e Polônia e foi muito legal a experiência no evento. Recebi o convite da organização e a expectativa é muito boa, por eu vir da disputa do Campeonato Sul-Americano, no último domingo (31), em que conquistei meu quarto titulo no torneio e consegui quebrar o recorde continental no levantamento da cangalha, com 570 kg em cinco metros”, conta Aparecido.

Cristian Quiroga também não esconde sua animação para competir em Cotia. “Estou há quatro anos competindo em eventos de strongman. Participei com o Tiago do sul-americano e fiquei em terceiro lugar, por conta de algumas decisões técnicas que fiz. Estou muito animado para competir pela primeira vez o Força Bruta, que é um dos eventos mais importantes que temos na América do Sul. Meu objetivo é buscar o lugar mais alto possível no pódio”, contou Quiroga, campeão sul-americano de 2020.

publicidade

Competidores europeus

Por ser o atual campeão, Mikhail Shivlyakov chega em Cotia como favorito para conquistar a vitória. O russo de 40 anos, 1,87 m e 145 kg, que já ganhou diversos títulos do esporte em seu país, destaca-se ainda por ter sido campeão do Arnold South Africa Pro Strongman, em 2018, e vice-campeão do Arnold Australia Pro Strongman, no ano anterior.

Com 1,83 m de altura e 140 kg, Rauno Heinla tem 38 anos e foi seis vezes o homem mais forte da Estônia. Já conquistou o título do Arnold Brasil Pro Strongman Champion em 2018 e do Arnold Classic Austrália em 2018. Tem um bicampeonato competindo na Lituânia, além do terceiro lugar no World Deadlift Championship de 2015, com 435 kg. Assim, promete fazer frente aos adversários no torneio.

As provas

Assim como nas edições anteriores, o Força Bruta terá três provas para a definição do campeão do torneio.

A primeira será a medley, com o famoso três em um. Cada atleta vai iniciar carregando a Corrente, com o peso de 300 kg, por um espaço de 10 metros.

Em seguida, será a vez do Dead Lift (levantamento de peso), onde farão quatro repetições com peso total de 320 kg.

A primeira prova encerra-se com o Power Stairs, em que os participantes terão que subir cinco degraus, elevando até o último “andar” um peso de 200 kg.

A segunda prova será a do barril (Keg Toss), na qual cada competidor terá que jogar oito barris, de 20 a 26 kg, por cima de uma barra de cinco metros de altura.

O campeão do Força Bruta 2021 será definido na prova do Caminhão, em que cada atleta terá que puxar um caminhão por 10 metros de distância. Vence esta última disputa aquele que terminar a tarefa no menor tempo.

Leia também: Cotia não terá pontos facultativos no Carnaval

Comentários