Homem que matou 2 em Carapicuíba e ficou 8 anos foragido é condenado a 28 anos de prisão

0
Agência Brasil

Valdemar Alves Filha, o Vadu, acusado de matar um homem e uma mulher em um bar na Estrada do Jacarandá, foi condenado a 28 anos de prisão, informou, nesta quarta-feira (10), a Promotoria de Justiça de Carapicuíba.
O crime aconteceu em outubro de 2012 e Vadu ficou quase 8 anos foragido, até ser capturado pela polícia em junho do ano passado.

publicidade

De acordo com a Promotoria de Justiça de Carapicuíba, o júri reconheceu que ele foi o autor das duas mortes, sem motivo aparente e sem chances de defesa. A pena de 28 anos deverá ser cumprida em regime inicial fechado. Como o crime é hediondo com resultado morte, somente são permitidos quaisquer benefícios depois de cumprido pelo menos 50% da pena.

Outros crimes

Vadu ainda responde a dois inquéritos policiais, instaurados pela Delegacia de Curimatá, no Piauí. Durante o tempo em que esteve foragido pelos assassinatos em Carapicuíba, ele é acusado de ter matado uma cunhada e tentado tentado matar a companheira e um cunhado, tudo na cidade de Morro Cabeça do Tempo, também no Piauí. Na ocasião, a Polícia Militar foi acionada e ele ainda efetuou um disparo, atingindo um policial.

publicidade

Comentários

publicidade