“Inadmissíveis”, diz Rogério Lins sobre atos de vandalismo contra igreja em Osasco

0
Prefeito Rogério Lins vandalismo igreja em osasco
Fotos: Reprodução

Direto de Brasília, o prefeito Rogério Lins (Podemos) declarou, na manhã desta terça-feira (4), ter sido surpreendido com as “cenas de destruição” da igreja católica Nossa Senhora dos Remédios e pediu a união de toda a população para identificar autores e reparar os danos causados à capela.

publicidade

“Fomos surpreendidos com cenas de destruição da igreja Nossa Senhora dos Remédios. Ato de vandalismo e de intolerância religiosa. Inadmissíveis. É importante que a gente ajude a identificar esses mal feitores. Mas muito mais do que isso, é momento de nos unirmos, independente da sua religião, pela reconstrução da igreja Nossa Senhora dos Remédios. Porque independente do que aconteça, a igreja sempre estará viva. Comunidade Nossa Senhor dos Remédios, contem conosco”, declarou o prefeito de Osasco, que chegou ao Distrito Federal nesta terça-feira (4), em busca de recursos para o município.

A igreja, localizada na Vila dos Remédios, foi invadida por um grupo de jovens, formado por dois homens e duas mulheres, por volta das 21h30 desta segunda-feira (3). No interior da capela, os indivíduos destruíram as imagens de Nosso Senhor dos Passos, Santa Cecília, Sagrado Coração de Jesus e a de Santo Ubaldo, trazida da Itália há 60 anos.

publicidade
igreja católica em osasco é alvo de vândalosigreja católica em osasco é alvo de vândalos
O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (3) / Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Um dos padres, que mora no fundo da capela, conseguiu ver os jovens, sendo dois homens e duas mulheres, correndo após a invasão. O grupo conseguiu fugir ao embarcar em um ônibus. A Polícia Militar foi acionada logo após o ocorrido.

Quem também manifestou repúdio contra a violência foi o deputado estadual Emidio de Souza (PT). “Minha solidariedade aos padres e aos fiéis da Igreja Nossa Senhora dos Remédios pela invasão sofrida e pela destruição das imagens no interior do templo. A polícia tem o dever de apurar rapidamente e encontrar os culpados por essa agressão vergonhosa”, declarou Emidio, no Twitter.

publicidade

Comentários