Interno da Fundação CASA em Osasco vai fazer Enem e vê chance para mudar de vida

O jovem de 18 anos sonha em seguir carreira profissional na área de tecnologia ou em Direito

0
Fundação CASA osasco enem
Reprodução

Um jovem de 18 anos, que cumpre medida socioeducativa de internação na Fundação CASA Osasco I, realizará o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 23 e 24 de fevereiro. Após perder os pais para o câncer e se envolver em ato infracional, o interno vê na prova, uma oportunidade para construir um futuro melhor.

publicidade

O rapaz, que sonha em seguir carreira profissional na área de tecnologia ou em Direito, é um dos 160 internos da Fundação CASA que estão inscritos no Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) em todo o estado.

O Enem PPL é aplicado para adultos do sistema prisional e para adolescentes em medida socioeducativa. Os estudantes que prestam o Enem PPL também podem utilizar a pontuação para concorrer a vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Programa Universidade para Todos (ProUni).

publicidade

“O Enem é um exame que possibilita ao jovem que cometeu ato infracional ampliar suas escolhas futuras, dar continuidade à sua formação acadêmica e estar ainda mais preparado para a inserção no mercado de trabalho”, destaca o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa.

Como o Enem para PPL é aplicado na Fundação CASA:

Na Fundação CASA, as provas, aplicadas por profissionais do Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ocorrem dentro dos centros socioeducativos. Os adolescentes já desinternados podem retornar ao local onde foram inscritos para realizar os testes.

publicidade

No primeiro dia (23), os adolescentes responderão a 90 questões de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas, além de escrever a redação. No segundo (24), serão 90 questões de Ciências da Natureza e Matemática.

Todas as medidas sanitárias e de proteção contra a covid-19 serão tomadas, como a higienização das salas antes da aplicação das provas, a manutenção do distanciamento entre os adolescentes participantes, uso de álcool em gel e máscara de proteção facial.

>>> Leia também: Homem cai de laje no Residencial Tamboré, em Barueri

Comentários