Mulher tem AVC e morre após apanhar do companheiro em Osasco

Mulher que ajudou a levar a vítima à UPA contou que a encontrou aparentando paralisia facial em um dos lados, falando coisas desconexas e com o corpo mole

1
violencia mulher osasco
Imagem ilustrativa / reprodução

Uma mulher teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) supostamente após apanhar do companheiro, no dia 5, e morreu nesta quarta-feira (13), no Hospital Regional de Osasco.

publicidade

Além de um AVC isquêmico extenso, Débora dos Santos Teixeira, de 35 anos, teve um enfisema cervical. Ela foi levada por uma amiga e pelo suposto agressor à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Jardim Conceição.

O quadro piorou e ela foi levada, no dia 8, para o Hospital Regional de Osasco, onde estava internada. Ela teve morte encefálica e, às 7h35 desta quarta, sofreu uma parada cardíaca. O enterro acontece na tarde desta quinta, em um cemitério na zona Leste da Capital.

publicidade

A irmã de Débora, Daniela dos Santos Teixeira, de 40 anos, contou à reportagem da Record TV, que o casal brigava bastante, até que o homem a agrediu. A mulher que ajudou a levar a vítima à UPA do Jardim Conceição contou que a encontrou aparentando paralisia facial em um dos lados, falando coisas desconexas e com o corpo mole, mas não aparentava nenhum tipo de lesão externa.

Nas unidades de saúde, foram identificados vários hematomas pelo corpo e escoriações na região cervical direita de Débora. Após exame de tomografia computadorizada, foi constatado acidente vascular cerebral isquêmico extenso, além de pneumomediastino, pneumotórax e pneumoperitônio e enfisema cervical.

publicidade

A ocorrência foi registrada no 9º DP de Osasco e encaminhada para investigação no 2º DP da cidade. (Com informações do R7)

Comentários