Novo aterro sanitário em Osasco aguarda liberação da Cetesb

5
Em amarelo, o local onde será o futuro aterro; em verde, a área do atual / Foto : Reprodução

Em amarelo, o local onde será o futuro aterro; em verde, a área do atual / Foto : Reprodução
Em amarelo, o local onde será o futuro aterro; em verde, a área do atual / Foto : Reprodução

publicidade

William Galvão

O futuro novo Aterro Sanitário de Osasco ganhou mais um capítulo. Estudo de impacto ambiental do empreendimento está em análise pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), do governo paulista. O aterro deve ser construído ao lado do atual (que será desativado), no Jardim Açucará, e poderá gerar energia.

“Aterro poderá gerar energia”

publicidade

Se o documento for aprovado, a Cetesb vai emitir a licença prévia, primeira etapa que atesta a viabilidade ambiental do aterro. De acordo com Rogelio Linares Neto, superintendente da EcoOsasco, empresa responsável pela construção do aterro, para que a obra seja iniciada ainda será necessária a licença de instalação. Além disso, para o funcionamento, uma licença de operação.
Ele afirma que “assim que o novo aterro tiver ordem de funcionamento, o outro [atual] já é desativado”.

O atual aterro está em funcionamento desde 1989, com estrutura já ultrapassada, segundo especialistas. Ele recebe 650 mil toneladas de resíduos por dia. “A tendência é diminuir esse volume em cumprimento da lei de resíduos, com a coleta seletiva, que a Prefeitura pretende atender 100% do município”, conta Neto.

publicidade

Na estrutura do novo aterro está prevista a captação de gás metano, para uma possível geração de energia limpa. “Será feita a captação. Agora, a geração de energia tem um custo elevado, teríamos que vender essa energia na cidade. Essa parte ainda está em discussão”.
A assessoria de imprensa da Cetesb informou que ainda não há previsão de quando será emitida a resposta da análise para a liberação da obra do novo aterro.

68 famílias devem ser removidas para obras

A situação de 68 famílias que moram no entorno da área onde será construído o novo aterro tem sido um dos temas de discussão constante. Segundo o secretário de Habitação de Osasco, Sérgio Gonçalves, elas serão removidas do local pelo programa Bolsa Aluguel e depois atendidas em projetos de moradias populares.

Comentários

5 COMENTÁRIOS

  1. Osasco tem é que acabar com aterros assim como fizeram em Barueri isso é uma vergonha cade a coleta seletiva que iria ser 100% ?O povo do jardim açucara ja tem necessidades e agora querem levar um lixão pra lá.

  2. boa tarde!

    olhando está materia, fico inconformado!
    pois este aterro deveria ser em uma area mais afastada da area urbana!
    os veiculos saem do aterro com as rodas cheias de barro e vão espalhando por varios ruas proximas ao aterro, e quando seca este barro ele vira uma poeira muito grossa, que causa muito transtorno para mim e para alguns conhecidos, eu moro ali na regiao do JD Bonanca desde que nasci, bom eu não suporto mais!

  3. gostaria muito que esse aterro que existe hoje o qual nos deixa com uma qualidade de vida muito prejudicada devido a poeira que entra em nossas residencias fosse para outro lugar. a final são muitos anos que ele existe no mesmo lugar. estou a 18 anos convivendo com mau cheiro e poeira, mas muita poeira mesmo, os caminhões passam da minha janela a menos de 30m.

  4. Gostaria que a secretaria do meio ambiente sercasse e terminasse ho parque ecologico dos portais e bonança o povo esta invadindo todo ho espaço de verde que resta em nossa cidade prefeito lapas voces desta administraçao estao nus surpreedendo estao trabalhando muito parabens

  5. isto e uma falta de respeito com o meio ambiente vocês políticos políticos deveriam se envergonhar dessa palhaçada pessoas moram neste lugar porque os senhores não nos da moradia digna como uma mãe de família com um salario mínimo por mês vai adquirir moradia digna se mal consegue se sustentar tenham vergonha pois essa mãe e quem deu o seu voto para que os senhores a retirassem de sua casa neste local existem mais de 100 famílias senhores !!!!!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAtivistas da região querem debater maioridade penal
Próximo artigoPrefeitura entrega reforma de PS Infantil