Visão Atenta

0

Covas Neto
O deputado estadual Bruno Covas (PSDB) foi escolhido presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Assembleia Legislativa para apurar irregularidades nos valores dos pedágios no estado e no modelo de licitação usada pelos governos do PSDB desde a gestão de Mário Covas, avô de Bruno.

publicidade

“Tropa de choque”
O autor do requerimento com o pedido da CPI é o deputado Antonio Mentor (PT). Com a escolha, foi quebrada a tradição da Casa, de que o proponente da CPI é o escolhido para a presidência da mesma. “A tropa de choque organizada pelo governo [de Geraldo] Alckmin (PSDB) agiu para obstruir qualquer tentativa de desvendar o esquema de concessão de estradas em São Paulo”, disse o deputado João Paulo Rillo, líder do PT na Casa, segundo a Rede Brasil Atual.

Sem constrangimento
Covas disse não se sentir nem constrangido por presidir a comissão pelo fato de ser neto do ex-governador, que comandou o Executivo de 1995 até 2001, quando morreu. “Ele não está sendo investigado, não está sendo aqui julgado, então não me sinto impedido”, justificou, também à Rede Brasil Atual.

publicidade

Célio…
A disputa pelo governo de São Paulo poderá ganhar mais um candidato: o ex-secretário do Ministério da Cultura Célio Turino. A candidatura de Célio estaria sendo discutida dentro de um acordo nacional, em que o PSB aceitaria ceder legenda à Rede em São Paulo, mas ainda precisa passar pelas convenções do partido.

…Turino
Célio é colunista da revista Fórum, além de ter coordenado o programa Cultura Viva e os Pontos de Cultura no MinC. Ele também já foi secretário de Cultura em Campinas (SP), entre 1990 e 1992. Se a candidatura de Célio se concretizar, o PSB-Rede terá um candidato não alinhado ao governo Geraldo Alckmin (PSDB), que enfrenta dificuldades com a crise no abastecimento de água e que contava com o PSB na sua coligação.

publicidade

Comentários