Visão Atenta

0

Contas rejeitadas
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) rejeitou as contas de campanha do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e de seis deputados estaduais eleitos em outubro. Conforme o julgamento, Alckmin não informou nas duas prestações de contas parciais doações recebidas, embora tenham sido incluídas em momento posterior. Para a maioria dos juízes (5X1), a omissão constitui infração grave que enseja a desaprovação das contas.

publicidade

R$ 8,9 milhões
A defesa alegou que os valores não declarados, de R$ 900 mil (primeira parcial) e mais de R$ 8 milhões (segunda parcial), foram recebidos na véspera da entrega das parciais. A rejeição das contas não impede a diplomação dos eleitos, que podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Prestação…
Plenária de prestação de contas do vereador de Osasco Valdir Roque (PT) realizada na segunda-feira, 8, contou com a presença de lideranças do partido, como o prefeito Jorge Lapas, o vice e deputado federal eleito Valmir Prascidelli, além do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha. Valdir ressaltou ser o ”evento importante para prestar contas do nosso trabalho e ampliar o diálogo com a população”.

publicidade

…de Contas
Em discurso, lideres do partido presentes no evento falaram sobre o cenário político após a eleição. Alexandre Padilha, que foi candidato a governador, frisou o empenho do parlamentar na militância para a reeleição da presidente Dilma Rousseff. “A direita, a elite brasileira, não suporta que um governo dê mais atenção ao povo pobre do que pra eles”, disse. O ex-ministro comentou ainda os ataques da oposição e da mídia direcionados à presidente e afirmou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) “é omisso e responsabilidades do governo estadual acabam caindo nas costas das prefeituras, em questões como segurança pública e transporte”.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÉ preciso falar sobre a verdade
Próximo artigolapas e geraldinho