A Copa do Mundo é nossa!

1

Fláudio Azevedo Limas (PT) – vice-prefeito de Itapevi

publicidade

“Os investimentos na Copa estão prejudicando a educação no país!” Você já ouviu essa falácia? Discurso que é defendido e colocado pela oposição, que não tem conhecimento do que diz.
Dados da Controladoria Geral da União (CGU) atestam que, só nos municípios onde serão realizados os jogos da Copa, são investidos cerca de R$ 50 bilhões em educação. As verbas para educação são recursos carimbados e são destinadas à área, não há como investi-las em outro setor.

Ninguém aceitaria que se tirasse dinheiro de uma área prioritária como a educação para a Copa do Mundo.
Os recursos da Copa são, em grande parte, investimentos do BNDES. Os recursos alocados pelo Governo Federal se referem a obras de mobilidade urbana, no entorno dos estádios, melhorando o acesso dos ônibus, Metrô e trens próximos a esses locais.

publicidade

Porque para realizar um torneio como este no país foi necessário criar uma infraestrutura que ficará como legado para as cidades.
Nas manifestações de junho, onde alguns grupos colocavam que a Copa seria um problema para o país, já que destinaria recursos da saúde e da educação para o torneio, falou-se uma grande inverdade.
O Brasil está melhorando sua infraestrutura porque é uma exigência da FIFA. Se você não tem estádios ou um processo de mobilidade urbana que leve o torcedor até lá não pode receber uma Copa do Mundo.
Já antevemos, inclusive, que a Copa no Brasil será um sucesso. A antecipação na compra dos ingressos é muito maior que em outras Copas. O turismo brasileiro vai ganhar muito, porque vamos mostrar as belezas de nossas praias, a nossa história e que temos um setor hoteleiro avançado.

publicidade

Comentários