Arraiá clandestino é encerrado pela fiscalização em Itapevi

0
arraiá clandestino itapevi
Até fogueira tinha na festa junina promovida em meio à pandemia / Foto: Divulgação/PMI

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Itapevi e agentes do departamento de Fiscalização e Posturas enceraram, no último fim de semana, uma festa junina clandestina. Além de aglomerar pessoas, o evento promovido em plena pandemia tinha até uma fogueira acesa.

publicidade

Os agentes da Operação Noite Tranquila fiscalizaram diversos bairros no município durante o fim de semana. Estão entre eles o Residencial Flores, CDHU/Vila Gióia, Cohab, Parque Suburbano, Jardim Santa Cecília, Jardim Briquet, Jardim Hokkaido, Jardim Cruzeiro, Jardim São Carlos, Amador Bueno e Jardim Paulista.

Na sexta-feira (18), mais de 100 pessoas foram flagradas e dispersas pro promover aglomeração e perturbação de sossego na Vila Góia. Já no sábado e domingo, dias 19 e 20, mais de 200 pessoas foram averiguadas durante toda a operação.

publicidade

Segundo informações da Prefeitura de Itapevi, os agentes lacraram estabelecimentos comerciais que ignoravam as medidas de restrição contra a covid-19, aplicaram diversas ultas de trânsito, apreenderam aparelhos de som e prenderam ainda um traficante de drogas.

Denuncie

publicidade

Para denunciar bailes e qualquer tipo de irregularidade em meio à pandemia, a população pode entrar em contato com a GCM pelos telefones (11) 4141-0474 (segunda a sexta-feira, das 8h às 17h), 153 e 190 da Polícia Militar – todos com atendimento 24h.

NA JUSTIÇA// Osasquense Felipe Castanhari vai recorrer de decisão que o condenou a pagar R$ 100 mil a Marcius Melhem

Comentários