Brasil gerou 623,1 mil empregos em 2014, segundo Ministério do Trabalho

0

Foto: Marcello Casal Jr/ABr
Foto: Marcello Casal Jr/ABr

publicidade

O Ministério do Trabalho divulgou nesta quarta-feira, 9, dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), referentes ao ano passado. 2014 criou 623.077 novas vagas, registrando uma redução de 58% na geração de empregos formais, na comparação com 2013.
Segundo os dados, o ano terminou com 49,5 milhões de vínculos empregatícios, 1,27% a mais que em 2013. O resultado, no entanto, é menor que o total de empregos gerados em 2013 (1,490 milhão). Em números absolutos, este é o mais baixo resultado de geração de vínculos empregatícios desde 1999.
Todas as regiões apresentaram expansão do mercado de trabalho. No Nordeste, houve registro da criação de 206,2 mil postos. No Sudeste, 169,5 mil novas vagas. No Sul, 134,9 mil novos empregos foram criados. No Norte e Centro Oeste, foram gerados, respectivamente, 58,2 mil e 54,3 mil postos. Entre os estados, só o Amazonas registrou perda de postos de trabalho (1,5 mil).
O relatório identificou que o rendimento médio do brasileiro teve alta de 1,76%, tendo o salário mensal alcançado os R$ 2.449,11 em 2014. Os homens ganharam em média R$ 2.651,52, enquanto as mulheres, R$ 2.184,65. Somente o Distrito Federal não registrou alta nos salários acima da inflação.

publicidade
Comentários