Hexacampeão paulista, Vôlei Nestlé/Osasco foca na Superliga

0
Foto: João Pires/Fotojump

Hexacampeão paulista, o Vôlei Nestlé ‘vira a chave’ para se concentrar 100% na Superliga. Após bater o Hinode Barueri em uma verdadeira batalha na sexta-feira, 13, no José Liberatti lotado, a equipe de Osasco volta a enfrentar o mesmo adversário na próxima terça-feira (17), no ginásio José Correa, em Barueri, na abertura do nacional. Medalha de prata na temporada passada, Tandara, Bia, Fabíola e cia partem em busca do título da edição 2017/18 do campeonato brasileiro.

publicidade

O fato de retornar à quadra apenas quatro dias após a desgastante final do paulista, no qual jogaram seis sets, não preocupa as atletas do Vôlei Nestlé. “Ganhar mais um título estadual é muito importante, pois nos dá confiança e motivação para a Superliga, que sempre é muito difícil, com grandes equipes. Trabalhamos pesado para conquistar nosso sexto paulista e manteremos essa pegada para o nacional. Vamos dar o nosso máximo e lutar para subir ao degrau mais alto do pódio também na Superliga”, afirma Tandara.

Após o show na decisão do Campeonato Paulista, quando jogou junto com o time, os fanáticos torcedores de Osasco verão a primeira partida em casa pela Superliga na sexta-feira (20). O Vôlei Nestlé recebe o Renata Valinhos/Country, às 19h30, no José Liberatti, pela segunda rodada da competição.

publicidade

“A torcida é nosso sétimo jogador em quadra. Estamos muito felizes por ter dado esse presente aos nossos fãs com o título estadual e continuaremos contando com a força das arquibancadas para os próximos desafios, agora pela Superliga”, atesta Mari Paraíba.

Teste para cardíaco – O Vôlei Nestlé bateu o Hinode no golden set para conquistar o sexto título estadual consecutivo. Teve força para se recuperar após ver o time de Barueri vencer a segunda partida da final por 3 sets a 2, com parciais de 26/24, 25/23, 23/25, 22/25 e 15/12. No set desempate, a equipe de Osasco fez 25/23 e fez explodir de alegria os torcedores que lotaram o ginásio José Liberatti, que recebeu cerca de 4 mil pessoas na noite de sexta-feira (13).

publicidade

Todo o time mostrou garra e um grande poder de superação, mas o destaque da maratona final, que durou seis sets e 3 horas, foi Tandara. A ponteira marcou 33 pontos, com direito a bola decisiva. Bia, sempre firme nos bloqueios, fez 19. Recuperada da artroscopia no joelho direito, Fabíola entrou no quarto set e mostrou estar pronta para a Superliga. Ela substituiu a levantadora Carol Albuquerque, que fez um grande Campeonato Paulista e jogou a final na base do sacrifício após torcer o tornozelo na primeira partida da decisão.

O Vôlei Nestlé vai ganhar o reforço do técnico Luizomar de Moura para a Superliga. Ele comanda a seleção do Peru na luta para chegar ao Campeonato Mundial neste final de semana, na cidade peruana de Arequipa, e reassume a equipe de Osasco no início do campeonato brasileiro. O Peru bateu o Uruguai na estreia no Pré-Mundial, na sexta-feira (13), enfrenta a Colômbia neste sábado (14) e decide a vaga para a competição classificatória para a Olimpíada contra a Argentina no domingo (15).

Comentários