Jorge Lapas é cotado para ser vice de Márcio França na disputa pelo governo do estado

0
Jorge Lapas, o presidenciável Ciro Gomes e o presidente do diretório municipal do PDT, Milton Cavalo / Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PDT), é cotado para ser candidato a vice-governador de São Paulo na chapa encabeçada por Márcio França (PSB) nas eleições de outubro.

publicidade

O PDT definiu o apoio a França hoje (26) em sua convenção estadual, na Assembleia Legislativa. No evento, que teve a presença do candidato a presidência Ciro Gomes, os nomes de Lapas e do ex-prefeito de Suzano, Marcelo Cândido, foram apontados como possíveis vices.

O ex-prefeito de Osasco diz que as articulações pelo apoio pedetista à candidatura de Márcio França começaram há cerca de três meses. A aliança estaria condicionada ao apoio pessebista a um quadro do PDT na chapa majoritária, seja como vice ou candidato ao Senado.

publicidade

Lapas se anima com a possibilidade de ser o vice. “Estava meio com a ‘chuteira pendurada’, mas a gente não pode deixar de assumir responsabilidades”, afirmou. “Tenho muita afinidade com Márcio França e ele me apoiou nas duas candidaturas a prefeito (em 2012, quando foi eleito, e 2016)”.

Além da candidatura a vice, Lapas diz que toparia ser o candidato do PDT ao Senado, onde seu nome também é especulado. Já para deputado estadual ou federal, ele afirma que as candidaturas em Osasco já estão definidas: Doutor Gaspar será candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados e a vereadora Dra. Régia vai tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo.

publicidade

Mesmo com a derrota na disputa pela reeleição, em 2016, o ex-prefeito de Osasco se mantém em alta no PDT. Ciro Gomes já declarou que Lapas “é, provavelmente, aquele que vai assumir naturalmente a liderança do partido em São Paulo”.

TV 

Segundo a última pesquisa Ibope, divulgada no fim de junho, Márcio França aparece apenas na terceira posição, com 5% das intenções de voto para o governo paulista, atrás de João Doria (PSDB), que tem 19%, e Paulo Skaf (MDB), com 5%. Lapas avalia que a candidatura de França será alavancada com o início da campanha na TV, no dia 31 de agosto.

“Ele não é muito conhecido, mas é um excelente quadro. Quando começar a campanha na TV, as pessoas vão conhecer o perfil dele, a capacidade dele, e rapidamente ele vai crescer”, avalia o ex-prefeito de Osasco, antes de alfinetar o principal adversário na disputa. “Até porque Márcio França está concorrendo com alguém que mentiu para as pessoas”, declarou, em referência ao fato de Doria ter prometido cumprir os quatro anos de mandato como prefeito de São Paulo e deixado o mandato na metade para concorrer ao governo.

Rossi 

Lapas é o segundo ex-prefeito de Osasco citado como possível vice de Márcio França. O nome de Francisco Rossi (PR) também foi ventilado nos últimos dias.

Comentários