Metroviários decidem não fazer greve nesta quinta

0

Trabalhadores do Metrô lutam por readmissão de funcionários e reajuste maior do que 8,7%  / Foto: Eduardo Metroviche
Trabalhadores do Metrô lutam por readmissão de funcionários e reajuste maior do que 8,7% / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Em assembleia na tarde de quarta- feira, 11, no Sindicato dos Metroviários de São Paulo, a categoria desistiu de fazer greve nesta quinta, 12. Entretanto, a categoria vai continuar lutando pela readmissão dos 42 funcionários demitidos por justa causa pela adesão à paralisação, que durou cinco dias.

Em reunião entre o Sindicato e o Metrô, os representantes da companhia não forneceram resposta imediata sobre o destino dos trabalhadores dispensados. De acordo com o superintendente Regional do Trabalho em São Paulo, Luiz Antonio de Medeiros, o Metrô foi autuado por prática antissindical.
O TRT considerou a greve abusiva, determinou o desconto dos dias parados, fixou multa de R$500 mil por dia de paralisação e estabeleceu o reajuste de 8,7%, conforme a proposta final do Metrô.

publicidade

Comentários