Pintor comilão curte fama após ser “expulso” de rodízio: “aproveitando esse momento”

0
expulso rodizio
Reprodução

De uma situação embaraçosa, ele fez um trampolim para se tornar conhecido em todo o país. João Carlos Apolonio, o pintor que viralizou há menos de duas semanas com um vídeo no qual conta que foi convidado a se retirar por comer demais em um rodízio de massas em São Paulo, virou garoto propaganda da mesma rede, Ragazzo, participa de programas de TV, ganhou milhares de seguidores nas redes sociais, como Pintor Comilão, e encara um desafio de comilança atrás do outro.

publicidade

“Eu estou aí, aproveitando esse momento, que é único”, afirmou ele, que mora no Capão Redondo, zona Sul de São Paulo, em entrevista ao jornal “Extra”.

No Instagram, João Carlos passou a se intitular Pintor Comilão, já soma mais de 44 mil seguidores, e compartilha orgulhoso as reportagens que mostram seus feitos à mesa, como a “expulsão” do rodízio no 15º prato de massas; a volta ao restaurante, a convite do Ragazzo, com 35 pratos saboreados; e as propagandas estreladas por ele, como um Desafio das Massas lançado pela rede, que assim como o pintor contornou bem a situação delicada que foi o relato inicial, sobre o suposto “convite a se retirar”.

publicidade

“Estou feliz pelo carinho do público. Quem acompanhava minha vida, sabe que é muito sofrida. Já morei na rua, passei por diversas necessidades, mas nunca me envolvi com coisa errada. Sempre trabalhei e corri atrás. O pessoal está com várias palavras de incentivo”, afirmou João Carlos.

Ele  ganhou até música em sua homenagem, na qual é definido como “um cara simples de fome gigante, o pavor do dono dos restaurantes” (confira abaixo ou aqui).

publicidade

A grande volta por cima diante de uma situação embaraçosa tem ajudado o pintor a superar as dificuldades financeiras que aumentaram para milhões de brasileiros com a pandemia de covid-19 e a crise econômica. O cachê de cerca de R$ 8 mil para estrelar o Desafio das Massas, por exemplo, servirá para ajudar sua família a equilibrar as contas, como pagar os cinco meses alugueis atrasados, que totalizam R$ 2,5 mil.

Ele também tem recebido para participar de desafios de comilança, em ações de marketing de diversos restaurantes. “Estou participando de todos que estou aguentando, indo em tudo. Servindo de garoto propaganda”, contou, ao “Extra”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por João Carlos Apolonio (@pintorcomilao)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por João Carlos Apolonio (@pintorcomilao)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por João Carlos Apolonio (@pintorcomilao)

Comentários