Início Cidades Barueri Polícia de Barueri pede prisão de Saul Klein por crimes sexuais contra...

Polícia de Barueri pede prisão de Saul Klein por crimes sexuais contra mulheres

0
saul klein Casas Bahia

A delegada Priscila Camargo Campos Gonçalves, da Delegacia de Defesa da Mulher de Barueri, pediu a prisão preventiva do empresário Saul Klein, de 68 anos. Ele foi indiciado pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável, tráfico de pessoas, organização criminosa, favorecimento a prostituição e redução de mulheres à condição análoga à escravidão.

publicidade

As investigações contra o empresário, filho do fundador da Casas Bahia, Samuel Klein, que morreu em 2014 aos 91 anos, começaram em 2020 a pedido do Ministério Público, após denúncias de tráfico de pessoas e estupro, entre outras.

Saul Klein é acusado de abusar de pelo menos 14 mulheres. Os crimes teriam ocorrido em sua mansão em Alphaville, bairro nobre entre Barueri e Santana de Parnaíba. De acordo com as denúncias, festas promovidas pelo milionário em seu imóvel em Alphaville reuniam de 15 a 30 mulheres, que tinham de ficar o tempo todo de biquíni e se submeter às vontades sexuais de Saul, “inclusive de modo humilhante e a contragosto”.

publicidade

A defesa de Saul Klein nega os crimes. “Saul e sua Defesa Técnica respeitam o posicionamento da delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Barueri, mas entendem que a análise atenta e isenta dos elementos colhidos na investigação levará o Ministério Público e o Judiciário a concluírem por sua inocência”, disse, em nota ao “Jornal da Globo”.

publicidade

Comentários