Suspeito de integrar quadrilha que desviou R$ 2,5 milhões de contas bancárias morre com covid-19

0
polícia cumpre mandado de prisão quadrilha que desviou mais de 2,5 milhões de contas bancárias
Ao cumprir mandados de busca e apreensão, a Polícia Civil descobriu que um dos integrantes da quadrilha havia morrido dias antes / Foto: Deic

Um homem acusado de integrar uma quadrilha, que desviou mais de R$ 2,5 milhões de contas bancárias, morreu com covid-19 dias antes de ser preso pela Polícia Civil. De acordo com as investigações, por meio de fraude, o grupo acessava contas e fazia diversos pagamentos e transferências.

publicidade

Agentes da 3ª Delegacia de Polícia sobre Violação de Dispositivos Eletrônicos e Redes de Dados (DCCIBER/ DEIC), que investigavam o esquema criminoso, cumpriram mandados de busca e apreensão nas residências dos acusados na manhã desta terça-feira (13).

Durante a ação, os policiais descobriram que um deles havia falecido, dias antes, em decorrência da covid-19. Nos imóveis foram apreendidos celulares, notebooks, dinheiro e um veículo, todos pertencentes aos suspeitos e que agora passarão por perícia.

publicidade
polícia apreende bens de quadrilha que desviou 2,5 milhões
Foto: Deic

De acordo com as investigações, a fraude era realizada por três homens que eram funcionários terceirizados de uma instituição bancária e, através de alterações nos sistemas, conseguiram acesso às contas bancárias de pessoas jurídicas e efetuaram diversos pagamentos e transferências. Os acusados vão responder por associação criminosa, furto mediante fraude e lavagem de dinheiro.

NA JUSTIÇA// Mãe que escondeu gravidez da família e deixou recém-nascido morrer no banheiro após o parto é condenada

publicidade

Comentários