Uma vez mais devemos apostar na esperança

0

Na próxima segunda feira, dia 12 de outubro os brasileiros comemoram o Dia da Criança. Mais do que olhar para esta data como parte de um tempo onde o mercado domina a atenção e o interesse de todos e todas utilizo-me desta coluna no Visão Oeste para fazer uma reflexão em relação a necessidade de recuperar a esperança.

publicidade

Afinal de contas quando imaginamos aquele brilho no olhar de uma criança é o sentido da esperança que vem a nossa memória.

Quando observamos o abraço apertado de um filho em seus pais temos a certeza de que é possível ter esperança.

publicidade

E até mesmo quando as discussões acontecem entre irmãos, aprendemos que a esperança que acreditamos precisa obrigatóriamente ser vista por diferentes pontos de vista e respeitando profundamente os variados interesses.

Certamente a construção de uma esperança renovada não é um atributo fácil de se empreender na atualidade. Afinal de contas, vivenciamos exatamente neste momento em que a economia nacional passa por uma forte desaceleração, há um sentimento de que a inflação está batendo a nossa porta e na cena internacional continuam a se repetir legiões de famílias peregrinando por um porto seguro em diversos países da Europa.

publicidade

Quando apostamos na esperança, o fazemos com a certeza da necessidade de se construir uma nova agenda na política, na economia e nos valores.

É por isso que a política precisa recuperar de maneira consistente uma perspectiva da garantia do bem viver coletivo.

Em relação a economia, precisamos fortalecer as ideias onde as pessoas sejam de fato mais importante do que os números, as estatistivas e os indicadores.

E por fim estou convencida da necessidade de se recuperar os valores baseados no humanismo e na solidariedade.

Esta agenda que acreditamos começa agora, não temos tempo para esperar, e, assim como uma criança que tem sede de viver e de fazer acontecer, assim deve ser o nosso sentido e nossas energias. Muitas felicidades para nossas crianças.

*Mônica Veloso é diretora do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região e secretária de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão de Osasco

Comentários