Amante confessa assassinato de mulher desaparecida em Jandira

0
mariza desaparecida jandira barueri

O borracheiro Leonardo Tenório, de 52 anos, confessou à Polícia Civil ter matado Mariza Ferreira da Silva, 50. Os dois mantinham uma relação extraconjugal.

publicidade

Ele matou a mulher enforcada durante uma briga em sua borracharia, que fica na mesma rua da casa onde ela morava, em Jandira. Em seguida, Tenório levou o corpo a uma área de mata em Barueri e o escondeu.

publicidade

Leia também:

Audiência pública discute taxa que Uber e 99 cobram de motoristas
Processo seletivo para mil vagas na B2W em Itapevi começa com fila de dobrar o quarteirão
Após ser expulso de tabacaria, homem volta armado e mata segurança, em Carapicuíba
4 jovens abusam de menina de 12 anos, filmam e compartilham vídeo, em Itapevi

publicidade

A Polícia Civil chegou ao borracheiro após vistoriar mensagens trocadas entre os dois do celular de Mariza. Ele acabou admitindo o crime e entregando a localização do corpo. Na tarde desta segunda-feira (23), policiais e bombeiros faziam buscas para retirar o corpo de área de mata em Barueri onde foi deixado.

Nas últimas semanas, o marido de Mariza, dada como desparecida desde o dia 8, vinha espalhando cartazes pelo bairro e a cidade em busca da mulher. Tenório chegou a dar uma entrevista ao “Cidade Alerta”, da Record TV, comentando sobre o desaparecimento da vizinha.

Comentários