Após vencer Rio, Sollys pega Usiminas nas quartas da Superliga

Após vencer Rio, Sollys pega Usiminas nas quartas da Superliga

0
Compartilhar
Sollys
Meninas de Osasco vêm de vitória sobre o Unilever/RJ / Foto: Fabio Rubinato/AGF/Divulgação

Sollys
Meninas de Osasco vêm de vitória sobre o Unilever/RJ / Foto: Fabio Rubinato/AGF/Divulgação

O Sollys/Osasco encara o Usiminas nas quartas de final da Superliga Feminina de Vôlei 2012/2013. O primeiro duelo da série melhor de três é nesta terça-feira, às 19h, no ginásio José Liberatti.

Na fase classificatória, as osasquenses venceram as mineiras duas vezes, ambas por 3 sets a 0.

Publicidade

As meninas de Osasco chegam embaladas por vitória sobre as arquirrivais do Unilever/RJ, na sexta-feira, 22, no Liberatão. 

Após um excelente começo e de abrir dois sets de vantagem, o time laranja deixou as cariocas crescerem e empatarem a partida. Porém, as atuais campeãs mundiais e da Superliga se superaram na quinta e decisiva parcial e conquistaram a vitória.

Publicidade

As comandadas do técnico Luizomar de Moura venceram com parciais de 27/25, 25/23, 30/32, 23/25 e 17/15, em duas horas e 43 minutos de confronto. O confronto foi disputado no Ginásio Municipal José Liberatti, em Osasco, e contou com participação decisiva da torcida, que lotou o local e apoiou o Sollys durante toda a partida.

“O Sollys/Nestlé começou muito bem a partida e poderíamos ter fechado por 3 a 0, mas demos uma bobeada e do outro lado tinha um grande adversário, que cresceu no jogo e nos impôs dificuldades. De qualquer maneira essa vitória foi muito importante porque essa torcida merecia demais por terem lotado o ginásio e feito essa festa bonita”, afirmou a ponteira Fernanda Garay, maior pontuadora da partida com 24 pontos. Para a jogadora três fatores foram decisivos para a superação no último set.

“Tivemos vários fatores motivacionais: primeiro porque os jogos contra a Unilever são sempre dificílimos e é um grande clássico, segundo porque jogamos com casa cheia e com a torcida nos apoiando o tempo inteiro e, por último, porque merecíamos a vitória, já que começamos jogando muito bem”, concluiu Garay.

 

Compartilhar

Comentários