Assembleia Geral da categoria aprova itens de caráter econômico

0

Foto
No último sábado, 25/10, o Sindicato dos Vigilantes de Barueri realizou Assembleia Geral da categoria para discutir a Campanha Salarial 2015 e aprovou os principais itens referentes às cláusulas econômicas. As negociações almejam beneficiar todos os trabalhadores de segurança terceirizada, cerca de 260 mil profissionais em todo estado, representados por 23 sindicatos.De acordo com o presidente dos Vigilantes, Amaro Pereira, o próximo passo é se reunir com a Fetravesp (Federação dos Trabalhadores em Segurança e Vigilância Privada, Transporte de Valores, Similares e Afins do Estado de São Paulo) e outros sindicatos para decidir uma pauta de reivindicações única que atenda todo estado de São Paulo. “Precisamos negociar em conjunto uma pauta, por exemplo, que englobe, entre os itens prioritários, uma solução para o mercado de segurança terceirizada”, explica.

publicidade

“Ou seja, precisamos nos unir para traçar uma negociação específica com o sindicato patronal, o Sesvesp (Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo), visando a data-base da categoria no dia 1 de janeiro”, conclui o presidente.

Veja os principais itens aprovados na Assembleia:· Reajuste salarial acumulado referente aos últimos 12 meses, mais um reajuste de 5% de aumento real;
· Vale-alimentação de R$ 22,00 por dia de trabalho;
· Cesta básica de R$ 345,42, conforme dados do Dieese;
· Auxílio-creche de 25% do salário de vigilantes do gênero feminino;
· Adicional por tempo de serviço de 5%, cumprido a cada dois anos na mesma empresa com limite de três;
· Contribuição assistencial de 1% do piso salarial para todos os trabalhadores beneficiários da norma coletiva.

publicidade

Comentários