Barueri: 2012 para ser esquecido

0

O Grêmio Barueri começou 2012 com grandes pretensões: no primeiro semestre, subir da segunda para a primeira divisão do Campeonato Paulista; no segundo, voltar à primeira divisão do Brasileirão. Mas o ano foi marcado por frustrações.
No Paulistão, o clube terminou apenas em 10º lugar e se manteve na A2, onde em 2013 encontrará o rival Grêmio Osasco.
No Brasileirão, o desastre do rebaixamento à terceirona. O campeonato começou com o elenco liderado pelos veteranos Ronaldo Angelim e Marcelinho Paraíba e o problemático Jóbson na esperança do acesso. Mas as contratações não deram certo e, com o time indo de mal a pior, Angelim e Jóbson pularam do barco.
A equipe foi comandada por cinco técnicos diferentes ao longo do campeonato e terminou na lanterna, com 30 pontos (7 vitórias, 9 empates e 22 derrotas).

publicidade

Comentários

publicidade