Início Brasil Livro relata experiência de inclusão nas metalúrgicas de Osasco

Livro relata experiência de inclusão nas metalúrgicas de Osasco

0
Foto: Eduardo Metroviche

Lei é a principal ação afirmativa para o ingresso de pessoas com deficiência nas empresas / Foto: Eduardo Metroviche
Lei é a principal ação afirmativa para o ingresso de pessoas com deficiência nas empresas / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

O livro Relatos da Inclusão – Trabalhadores com deficiência no setor metalúrgico de Osasco e Região, publicação do Espaço da Cidadania, ligado ao Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, apresentará o protagonismo de empresários, empregados e agentes sociais que ousaram driblar o preconceito e ampliar oportunidades de trabalho às pessoas com deficiência.

A publicação mostra esta trajetória registrada em reportagens de televisão, jornais e livros, captando a visão de inclusão de 46 pessoas, sendo 20 trabalhadores com deficiência, 5 diretores de empresas, 4 profissionais de recursos humanos, 4 dirigentes da Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco, dirigentes do Sindicato, além de outros agentes sociais, documentado entre os anos de 2000 e 2016. Imagens originais acompanham os textos.

publicidade

Os relatos acontecem em uma linha do tempo, como por exemplo:

Em dezembro de 2002 a TV Bandeirantes fez reportagem na empresa Cinpal, colocando no ar informação: “eles mostram que superam as dificuldades, atuam em todos os setores, manuseiam material de alta precisão e até desenvolvem atividades pesadas. Quem trabalha com eles, só tem a agradecer”.

publicidade

Em outubro de 2003, a Subdelegada do Trabalho de Osasco, Lucíola Rodrigues Jaime, confirmou ao Teleton: “Antes, as empresas tinham receio de contratar as pessoas com deficiência, delas não se adequarem ao ambiente de trabalho, dele não ser bem recebido pelos colegas de trabalho e, hoje, a mentalidade aqui mudou, sabe. Eles estão vendo que é possível, que é bom e as próprias empresas estão fazendo treinamentos com seus próprios empregados para que eles tenham um bom entrosamento com as pessoas com deficiência”.

Esta é uma pequena mostra do conteúdo do livro que sairá do forno às vésperas do 25º aniversário da Lei de Cotas, com o setor metalúrgico de Osasco e Região atingindo 104,6% de ocupação das vagas da Lei de Cotas.

A publicação sem fins lucrativos poderá ter tiragem ampliada para organizações interessadas, que poderão ter as logomarcas inseridas na última página, pagando o valor correspondente à encomenda efetuada. Ele será impresso a partir de 24 de junho.

Comentários