Rogério Lins e a esposa, Aline Soares Lins, durante ato de campanha

Leandro Conceição

publicidade

Aos 38 anos, Rogério Lins (PTN) foi eleito prefeito de Osasco no segundo turno das eleições municipais, neste domingo, 30. Após uma campanha acirrada, marcada por troca de ataques entre ele e o atual prefeito, Jorge Lapas (PDT), derrotado nas urnas, Lins declarou que pretende “iniciar uma boa conversa [com Lapas], para que haja uma transição, fazer a cidade funcionar bem e proporcionar qualidade de vida para a população”, declarou, após votar, na manhã deste domingo.

O candidato do PTN foi eleito com 61,21% dos votos válidos (218.779 votos). Lapas obteve 38,79% (138.625 votos).

publicidade

Rogério Lins também destacou os apoios de peso recebidos no segundo turno, de Celso Giglio (PSDB), Cláudio Piteri (PPS) e Marcos Arruda (Rede), que foram adversários dele no primeiro turno. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), também enviaram mensagens de apoio a Lins. Ele foi apoiado ainda por importantes lideranças políticas da região, como os prefeitos eleitos de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), e Itapevi, Igor Soares (PTN).

“A verdadeira renovação é usar o ímpeto, a vontade de mudar e a coragem dos mais jovens e ouvir os mais experientes, pessoas que podem nos aconselhar. Eu sou aberto ao diálogo e acredito que quanto mais ouvirmos, menos vamos errar. Tenho orgulho de ter esse pessoal ao meu lado”, declarou o prefeito eleito de Osasco.

publicidade

A vice-prefeita eleita de Osasco é Ana Rossi, esposa do ex-prefeito Francisco Rossi, que foi coordenador da campanha de Rogério Lins.

Alckmin e Lins: apoios de peso fizeram a diferença para o candidato do PTN no segundo turno
Alckmin e Lins: apoios de peso fizeram a diferença para o candidato do PTN no segundo turno

Rogério Lins

Casado com Aline Soares Lins, pai de duas meninas, formado em Direito, o prefeito eleito de Osasco, Rogério Lins é nascido e criado no município.

Em 2004, foi diretor de Recreação e Lazer na Secretaria de Esportes. Em 2008, tornou-se o vereador mais jovem da cidade, sendo reeleito em 2012 com uma das maiores votações.

Rogério Lins também foi secretário da Indústria, Comércio e Abastecimento. Em 2014, obteve a maior votação para deputado federal em Osasco daquela eleição (41.522 votos no município, de um total de 53.380 votos), tornando-se o primeiro suplente do PTN.

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. ““A verdadeira renovação é usar o ímpeto, a vontade de mudar e a coragem dos mais jovens e ouvir os mais experientes, pessoas que podem nos aconselhar. Eu sou aberto ao diálogo e acredito que quanto mais ouvirmos, menos vamos errar. Tenho orgulho de ter esse pessoal ao meu lado”, declarou o prefeito eleito de Osasco.””

    Vontade de mudar, se aliando a esses parasitas? Ok….

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui