Preso por roubo envia carta ao presidente da Câmara para pedir impeachment de Bolsonaro

0
bolsonaro
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um preso que cumpre pena em São Paulo após ter sido condenado a 48 anos de prisão por roubo enviou uma carta escrita à mão ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para pedir a abertura de processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Ele argumenta que houve crime de responsabilidade de Bolsonaro ao ameaçar o uso das Forças Armadas contra o Supremo Tribunal Federal (SFT).

publicidade

João Pedro Bória Caiado afirma, na carta manuscrita de sete páginas, segundo o Broadcast Político, que: “O senhor presidente da República deve ser afastado do cargo, visto que houve por parte do presidente um chamado para as Forças Armadas agirem com o escopo de limitar o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal”.

“Entendo eu que o presidente, ora acusado/denunciado, executou ato classificado nos anais da hermenêutica judiciária como golpe de Estado, em sua forma tentada, somente não obtendo êxito, pois as Forças Armadas não responderam a tal ‘chamado’”, afirma o detento no texto.

publicidade

João Pedro Bória Caiado também apresentou dois pedidos de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff, por violações dos direitos humanos no sistema prisional e denúncias de corrupção na Petrobras.

publicidade

Comentários