“Aqui me sinto em casa”, diz Demian Maia

0
“É uma luta em que tenho que estar muito bem treinado e muito bem no dia para vencer”, diz Demian / Foto: Jess Araújo

O ginásio José Corrêa, em Barueri, será palco do UFC Fight Night 29, no dia 9 de outubro. O evento tem oito lutas já confirmadas, com destaque para o confronto entre o brasileiro Demian Maia e o norte-americado Jake Shields no peso meio-médio (até 77 quilos). Os ingressos já estão à venda por preços entre R$ 75,00 (meia) e R$ 950.

publicidade
“É uma luta em que tenho que estar muito bem treinado e muito bem no dia para vencer”, diz Demian / Foto: Jess Araújo
“É uma luta em que tenho que estar muito bem treinado e muito bem no dia para vencer”, diz Demian / Foto: Jess Araújo

Em entrevista ao Visão Oeste, na quarta-feira, 21, durante apresentação do evento à imprensa, no ginásio José Corrêa, Demian lembrou de suas últimas lutas na cidade, onde foi campeão da competição Super Challenge, com três vitórias na mesma noite, em 2006: “Foi o melhor evento que teve até hoje no Brasil. Entrei como o menos experiente e saí campeão. Foi muito bom. Aqui me sinto em casa”.

Outro motivo para ele se sentir “em casa” é o fato de o lutador morar na região, em Santana de Parnaíba, e já ter vivido em Barueri.

publicidade

Faixa preta em jiu-jitsu, Demian Maia, de 35 anos, é quarto colocado no ranking dos meio-médios do UFC e prevê uma luta difícil contra Jake Shields, especialista no mesmo esporte. “É um cara muito bom, já ganhou de grandes nomes, disputou cinturão. Sem dúvida é um dos melhores do mundo”, avalia. “É uma luta em que tenho que estar muito bem treinado e muito bem no dia para vencer”.

Maia vem de três vitórias no UFC, a última delas sobre John Fitch, em fevereiro. Ele acredita que uma vitória sobre Jake Shields pode credenciá-lo a brigar pelo cinturão dos meio médios. “Meu foco é ser campeão”.

publicidade

Anderson Silva

Demian Maia afirma que ficou no passado a rusga com Anderson Silva após a luta entre os dois que valeu o cinturão dos pesos-médios do UFC, em 2010, vencida pelo rival: “está superado”. Na época, Silva recebeu diversas críticas pela postura considerada desrespeitosa, com deboches a Demian durante o confronto. “[Anderson Silva] é o melhor e acredito que tem grandes chances de recuperar o cinturão”, avalia.

Questionado sobre se deseja voltar a enfrentar Anderson Silva, Demian ressalta que o foco agora é o cinturão dos meio-médios. “Se eu for campeão, posso pensar [em voltar a enfrentar Anderson, que compete no peso médio]”.

Jake Shields

O adversário de Demian Maia, Jake Shields, também falou sobre o UFC em Barueri esta semana. Dos EUA, teceu elogios ao adversário e afirmou que “é um pouco intimidador enfrentar um brasileiro no Brasil”. Porém, o norte-americano se diz preparado para vencer.

 UFC Fight Night

Dia 9 de outubro, quarta-feira, no ginásio José Corrêa, em Barueri

Ingressos entre R$ 75 e R$ 950, vendidos pelo site www.ticketsforfun.com.br

Card oficial do evento: Demian Maia x Jake Shields, Erick Silva x Dong Hyun Kim, Rony Jason x Jeremy Stephens, Thiago Silva x Matt Hamill, Fábio Maldonado x Joey Beltran, Raphael Assunção x TJ Dillashaw, Hacran Dias x Rodrigo Damm, Iliarde Santos x Chris Cariaso

Comentários